1ª Conferência teve como tema de discussão o Plano Municipal de Educação de 2015

Publicado em Por Jose Guilherme Cortenove
Conferência de Educação reúne 80 pessoas no debate sobre PME 3

Conferência de Educação reúne 80 pessoas no debate sobre PME 3 – Foto: Divulgação

As metas presentes no Plano Municipal de Educação de 2015 foram tema da 1ª Conferência Municipal de Educação de Águas de São Pedro. A programação aconteceu na manhã desta quinta-feira, (28), na Escola Municipal Maria Luiza Fornasier Franzin – Unidade 2.

Estiveram presentes cerca de 80 pessoas, entre profissionais e pais, além de gestores e representantes da administração pública. Todo o material debatido será organizado e compartilhada em audiência pública que está para ser agendada.

Conforme explicou a secretária de Educação e Cultura, Scheila Fernandez, os participantes da conferência foram divididos em cinco segmentos: Educação Infantil; Ensino Fundamental Primeiros Anos; Ensino Fundamental Últimos Anos; Ensino Médio; e Ensino Superior e Profissionalizante. “Cada um pode optar pelo grupo de sua preferência e conhecimento. Em cada sala, estavam projetadas as metas que foram elaboradas no Plano Municipal de Educação, instituído pela Lei Municipal 1.760 de 2015; que por sua vez, é baseada no plano nacional, Lei 13005/14”. Com estas informações, os participantes avaliaram quais as metas foram atingidas e quais ainda possuem necessidade de trabalhar, definindo o período para a realização de curto, médio e longo prazo. De uma maneira geral, a secretária notou que a maioria dos objetivos relacionados à universalização já foram atingidos, mas o caminho continua até 2024 (ano estipulado para o cumprimento integral do Plano Municipal). “A partir de agora vamos fazer o levantamento e análise daquilo que foi definido em cada grupo, para que seja levado à audiência pública. Essas propostas podem inclusive alterar a lei”, informou a secretária.

Conforme instituído na lei do Plano Municipal de Educação, a conferência deve ser realizada a cada dois anos. Essa foi à primeira após a instituição da regra.

Para o professor de história da rede municipal, Mateus Camargo Ribeiro, o evento foi muito produtivo: “Discutimos várias metas, inclusive as que estão sendo cumpridas e que tornam Águas de São Pedro reconhecida nesta área e também pontuamos o que ainda falta”, disse Ribeiro. O profissional, que está a cinco meses atuando no Ensino Fundamental, avaliou como fundamental a discussão.

Para a secretária, é um compromisso social e educacional o estímulo à gestão democrática: “Esta tem como princípio o respeito mútuo e a responsabilidade. Quanto mais tivermos de participação popular, mais favorecida e reconhecida serão as políticas públicas”. A secretária explicou que tanto a Conferência Municipal de Educação, quanto o Plano Municipal de Educação, são resultados desta iniciativa democrática, que contribui para a desvinculação das ações públicas das políticas.

Além de professores e pais, estiveram presentes também representantes do poder público, Drª. Susana Morata (promotoria); Alexandre Marques (Gabinete da Prefeitura); Anderson Cardoso (vereador); e Alex Sandro Leme (secretário de Transportes e Serviços Urbanos – representando o secretariado).

Deixe um comentário abaixo