9ª etapa do Programa Social de Castração de Cães e Gatos de São Pedro

Publicado em Por Hosana Cortenove

Promovido pela Prefeitura de São Pedro no domingo passado, dia 11, aconteceu a 9ª etapa do Programa Social de Castração de Cães e Gatos, quando foram atendidos 24 gatos, 32 gatas, 26 cães e 64 cadelas, totalizando 146 animais. Até o momento, em todas as etapas do programa, foram castrados 1.252 animais: 174 gatos, 288 gatas, 208 cães e 582 cadelas. A décima etapa está prevista para agosto.

Além da castração, os animais recebem um microchip, que permite, de maneira simples, a identificação do cão ou gato que, se encontrado em vias públicas, poderá gerar advertência ao proprietário, baseado no Artigo 32, Capítulo V, da Lei Federal nº 9.605, de 12 de fevereiro de 1988, a qual considera crime os maus tratos aos animais.

A Secretaria Municipal de Saúde avisa às pessoas que fizeram o cadastro o dia em que os animais serão atendidos e as orientações sobre as medidas que devem ser adotadas no pré-operatório.

A ação, visa também a posse responsável e a melhoria da saúde pública, tanto animal quanto da população, é realizada com o apoio da Câmara Municipal e grupos de defesa e proteção aos animais, e atende à Lei Municipal 3.138.

Como o programa é social, o atendimento programado pelo Controle de Endemias priorizou proprietários de animais com renda menor, mas todos os cadastrados desde 2015 que foram localizados pelo setor foram atendidos.

9ª etapa do Programa Social de Castração de Cães e Gatos de São Pedro

9ª etapa do Programa Social de Castração de Cães e Gatos de São Pedro – Foto: Divulgação

O Controle de Endemias informa que toda quinta-feira podem ser feitos novos cadastros de pessoas interessadas no serviço.

É preciso apresentar cópia do CPF, RG e comprovante de residência do proprietário, além de dados do animal.

O cadastro deve ser feito na Secretaria de Saúde, localizada na rua Ernesto Giocondo, 46, bairro Santa Cruz.

Outra informação importante é para que pessoas que fizeram o cadastro, mas mudaram o telefone ou ainda não foram contatadas procurem o Controle de Endemias pelo telefone (19) 3481-9370.

Deixe um comentário abaixo