Adutora do Poção em Torrinha será modelo de abastecimento da SABESP

Publicado em Por Jose Guilherme Cortenove

Assim que prontas às obras da adutora do Poção da SABESP (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo), forem concluídas, o abastecimento de água de Torrinha deverá se tornar modelo em todo o Estado de São Paulo, segundo o então superintendente regional da empresa, Mário Afonseca Pardini, em sua recente visita a cidade.

A previsão para o término das obras é para o início do próximo mês (agosto).

Enquanto isso, a adutora que irá trazer a água até o reservatório central da cidade para ser distribuída à população já chegou na parte urbana do município.

São oito quilômetros, desde o Vale dos Três Saltos, próximo ao Rio Pinheirinho, onde foi perfurado um poço de 400m que capta água diretamente do Aquífero Guarani, até onde será reservada.

Nesta terça-feira, 28, o prefeito Thiago Rochiti, acompanhado do vice-prefeito, Gil Botteon e o diretor de Obras, Gustavo Canola, visitou parte do trajeto por onde deve passar a adutora na cidade na Rua Afonso Gentil de Andrade.

De lá, a tubulação percorrerá a Rua Bento de Mello até a Quinze de Novembro aonde chega ao reservatório.

Rochiti salientou que as obras do Poção serão uma revolução no abastecimento da cidade.

“A partir da conclusão destas obras Torrinha terá uma das melhores águas de todo o Estado. Isso é fruto de uma gestão pública preocupada com a saúde da população. Deixamos de ter uma água que era vergonhosa para sermos referência”, destacou.

Segundo o superintendente regional da Sabesp, Mário Affonseca Pardini, a obra deve ter um custo estimado em R$2,5 milhões.

“A partir da conclusão e do funcionamento do Poção, Torrinha será uma cidade modelo para o conceito de captação e saneamento de água”, também afirmou Pardini.

O bombeamento da água do poço profundo é complexo e depende de alta tecnologia. Serão necessários processos como o de energização do local, confecção de roscas e tubos, painéis de controle, montagem de estação elevatória e conclusão da montagem de equipamentos.

O abastecimento através do Poço profundo também vai garantir a Torrinha o abastecimento seguro e de qualidade pelos próximos 30 anos prevendo um aumento seis vezes maior do que o da sua atual população de quase 10 mil habitantes.

Deixe um comentário abaixo