Águas de São Pedro segue diretrizes do Plano Municipal de Turismo Participativo

Publicado em Por Hosana Cortenove

Aprovado pela Câmara de Vereadores em dezembro de 2014 o Plano Municipal de Turismo Participativo, que teve a coordenação técnica de Antonio Carlos Bonfato, do SENAC – Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial com a participação dos moradores em todas as decisões sobre os tópicos abordados é um instrumento de planejamento capaz de orientar o desenvolvimento sustentável do turismo local a curto, médio e longo prazos, aliado ao fomento da atividade econômica do turismo, tendo por finalidade orientar a atuação da administração pública e da iniciativa privada, segundo os imperativos da democracia e da justiça social.

Após 8 meses da criação da lei composta de 45 diretrizes para o desenvolvimento turístico, foram contempladas totalmente ou parcialmente 20 diretrizes pelo poder executivo, levando em consideração que algumas diretrizes tem o prazo de até 15 anos para serem desenvolvidas.

O prefeito da estância hidromineral, Paulo Ronan (PSDB) destaca que a administração tem compromisso com a população e tem procurado seguir as diretrizes do Plano.

“Isso mostra o compromisso do poder público com os apontamentos da população e a eficácia do planejamento que o plano proporciona”, afirmou o Prefeito Paulo Ronan

Entre as principais diretrizes que foram priorizadas estão: Paisagismo, iluminação e acessibilidade do Parque Dr. Octavio Moura Andrade; Recuperação do entorno da Fonte Almeida Salles; Retomada da estação de esgoto (SABESP); Construção da nova Clinica de Especialidade (UBS); Modernização do Spa Thermal; Revitalização do Fontanario e construção de nova praça; Revisão do código de obras; Criação de programa junto a escola de ensino fundamental para conscientização e valorização da história de Águas de São Pedro; Criação e adequação de novos espaços para manifestações artísticas e culturais (Boulevard e Praça dos Rouxinóis; Reestruturação do COMTUM (Conselho Municipal de Turismo); Reestruturação do calendário fixo de eventos;  Sistema de monitoramento de câmeras de ultima geração; Criação e incentivo para eventos de Skate;  e Ampliação do complexo esportivo Armando Brandini com a construção do campo society e aprovação do projeto para o campo de bocha.

O secretário de Turismo, Fábio Pontes, também destaca a importância do Plano Municipal de Turismo para colaborar com a gestão eficiente e planejada que Ronan tem feito na área.

“O Plano Municipal de Turismo Participativo faz parte de um processo permanente de planejamento municipal, constituindo-se como o instrumento básico, global e estratégico da política de desenvolvimento turístico”, destaca Pontes.

Deixe um comentário abaixo