Ampliado em mais de 50% o número de castrações no Centro de Controle de Zoonoses de Piracicaba

Publicado em Por Diagramador

Este ano, com novo centro cirúrgico e apoio do cadastramento via 156, o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) de Piracicaba ampliou em 54% o número de castrações em relação a 2016.

Enquanto no ano passado forma 2.891 cirurgias, neste está garantido o atendimento de 4.473 animais até o final de dezembro. Sendo, na média, 40% gatos e 60% cães. De janeiro a outubro, 3.728 deles haviam se beneficiado do serviço.

“Ampliado em mais de 50% o número de castrações no Centro de Controle de Zoonoses de Piracicaba” – Foto: Divulgação

O número de castrações poderia ter sido maior se o absenteismo não fosse elevado, de aproximadamente 17% do total. Ou seja, outras 621 pessoas cadastraram cirurgias para seus respectivos animais de estimação, mas não compareceram ao CCZ no dia marcado. Para o ano que vem, se o cenário econômico não se complicar, a previsão da Secretaria de Saúde é ampliar ainda mais a quantidade de animais atendidos.

Mensalmente, o CCZ castra animais agendados via 156, agendados pelas ONGs parceiras e demandas internas do canil (animais abrigados, averiguações de maus-tratos, atendimento aos Protetores Independentes e outras).

Aos interessados, o agendamento de castração via 156 acontece geralmente na última segunda e terça-feira de cada mês, das 8h às 17h00. A confirmação da data exata pode ser feita via 156 ou pelo site do CCZ (www.zoonoses.piracicaba.sp.gov.br). Sendo na primeira data, exclusivo para cães e, no dia seguinte, só para gatos. As cirurgias agendadas nesses dois são realizadas durante o mês seguinte. Neste mês (dezembro), os agendamentos serão nos dias 26 e 27, com vagas limitadas.

Esta decisão da Secretaria da Saúde é resultado de um trabalho que vem sendo desenvolvido gradativamente para ampliar o acesso ao serviço público por toda a população. Durante a ligação, o usuário recebe informação sobre o dia e a hora que deverá comparecer ao CCZ com seu animal.

Flávio Roberto Furlan, coordenador do SIP 156, expalica que o objetivo é atender todos os interessados. Por isso é preciso um pouco de paciência, uma vez que a demanda é elevada e, pelo 156, serão agendadas castrações de seis cães e quatro gatos por dia, o que representa 240 animais por mês”.

“Temos de trabalhar de acordo com a capacidade de atendimento do 156 e do CCZ para que o serviço se consolide e alcance o padrão de qualidade almejado”, afirmou.

As orientações sobre o procedimento da castração poderão ser enviadas pelo SIP 156 tanto por e-mail como por carta. Mas nos casos em que o usuário não tiver e-mail e a castração estiver próxima, haverá a necessidade de retirá-las na própria prefeitura.

De acordo com o secretário de Saúde, Dr. Pedro Mello, o agendamento das castrações pelo 156 era uma demanda da sociedade, mas que, para atendê-la, foi necessário uma série de investimentos prévios pelo governo municipal, que exigiram certo tempo, como a construção de um novo centro cirúrgico no CCZ, a criação do gatil e a reforma do Canil.

1 Comment so far. Feel free to join this conversation.

    Deixe um comentário abaixo