Câmara de São Pedro votará projeto que cria o Serviço de Inspeção Municipal

Publicado em Por Hosana Cortenove

Com o objetivo de garantir a qualidade dos produtos de origem animal que chegam à mesa dos sãopedrenses e de oportunizar aos pequenos produtores o comércio legal de seus produtos, o prefeito de São Pedro, Helinho Zanatta (PSD), encaminhou a Câmara Municipal, o Projeto de Lei Complementar nº 07/2016, que “Dispõe sobre a criação do Serviço de Inspeção Municipal – SIM, Institui a respectiva taxa e implementa os procedimentos de inspeção sanitária para produtores rurais, artesanais e estabelecimentos que produzam bebidas e alimentos de consumo humano de origem animal e vegetal e dá outras providências”.

A busca pela implantação do Serviço de Inspeção Municipal foi iniciada há algum tempo, visando solucionar problemas enfrentados pelos produtores para a comercialização de seus produtos e atende também a uma indicação do vereador José Mário de Barros (PDT) apresentada em abril do ano passado.

Barros é autor da Indicação nº 42/2015 que pleiteava o envio do Projeto de Lei, atendendo a pedido de moradores, que estariam tendo dificuldades para comercialização de produtos devido a ausência do selo.

O SIM é uma certificação que assegura a procedência da origem e fabricação de produtos, o que significa que as empresas e os pequenos agricultores que possuem o selo poderão comercializar livremente seus produtos após se adequar às exigências sanitárias em legislação vigente.

O SIM segue os moldes do SIF (Sistema de Inspeção Federal) e além de garantir que os produtos cheguem à mesa do consumidor final com qualidade, o selo vai habilitar os pequenos produtores para o fornecimento de produtos como o leite, queijo, frango e ovos para a merenda das escolas municipais.

 

Esta ação proporcionará que os recursos destinados à compra de merenda circulem na própria cidade, fortalecendo a economia do campo e do município.

“Os produtores sempre tiveram problemas em colocar seus produtos para a comercialização por não ter um selo de qualidade. Com a implantação do SIM, queremos mostrar justamente o contrário, que Reserva do Iguaçu tem um grande potencial produtivo para colocar na mesa alimentos de qualidade”, disse o médico veterinário João Emílio, que é um dos responsáveis pela implantação do SIM.

Para o Secretário de Agropecuária, Clidisnei Ribeiro, a implantação do SIM reflete os avanços do setor nos últimos três anos. “Isso mostra a capacidade que temos de gerenciar essas propriedades e que o trabalho que temos realizado está dando bons resultados. A partir da implantação do SIM, os produtores estarão habilitados a comercializar produtos que antes não entravam no comércio local e devido a isso, vão obter mais renda e movimentar a economia do município”, relatou.

Deixe um comentário abaixo