Certificados do curso “Formação para o Trabalho” foram entregues na ACIPI

Publicado em Por Hosana Cortenove

Na tarde da sexta-feira, dia 28, os alunos da rede pública da cidade, que participaram do “Formação para o trabalho” da Acipi (Associação Comercial e Industrial de Piracicaba), receberam os certificados de participação no projeto social, que ainda contou com a parceria da Unimep (Universidade Metodista de Piracicaba), Diretoria Regional de Ensino e da Prefeitura, por meio da Semtre (Secretaria Municipal do Trabalho e Renda).

Com início em agosto e duração de três meses, o objetivo da ação foi preparar jovens para o ingresso no mercado de trabalho.

“Quando assumi a presidência da entidade, disse em meu discurso de posse que nossa gestão iria colocar muita energia no desenvolvimento de ações que pudessem oportunizar o ingresso de nossos jovens no trabalho formal. Assim foi concebido este projeto, do qual me orgulho muito, e que realmente preparou esses jovens para a descoberta e desenvolvimento de suas habilidades profissionais e para o enfrentamento do percurso que terão pela frente na busca por uma colocação no mercado de trabalho”, afirmou o presidente da Acipi, Paulo Roberto Checoli.

O projeto “Formação para o trabalho”, no período de três meses, capacitou 32 jovens alunos do Ensino Médio, na faixa etária dos 16 anos, selecionados previamente pela Diretoria Regional de Ensino.

Em toda a sua duração, o projeto preparou os participantes por meio de aulas teóricas e atividades práticas, que envolveram, por exemplo, visitas às empresas participantes, dinâmicas de grupo para desenvoltura e laboratório de elaboração de currículo.

Ao final dessa preparação, os jovens tiveram, ainda, a oportunidade de mostrar o que aprenderam em rodada de entrevistas com as empresas que participaram do projeto.

“Ficamos felizes em acompanhar, hoje, o desfecho dessa ação social, que cumpriu bem com o seu propósito de servir de agente de aproximação entre jovens talentos, em busca de uma colocação, e empresas, que precisam contratar mão de obra qualificada. Com as atividades realizadas no projeto, os alunos, em idade adolescente, puderam se descobrir protagonistas de suas próprias histórias e se abrir para as oportunidades que existem para sua faixa etária, e ficamos muito felizes em assistir esse desenvolvimento”, concluiu Checoli.

A primeira experiência do “Formação para o trabalho” deixa, hoje (28), um pequeno legado para as próximas edições.

É o que avalia a coordenadora do projeto, Cibele Adriana Perina Aguiar: “quando fui procurada para participar da elaboração do projeto, posso dizer que, antes de um desafio pessoal, senti uma grata satisfação por poder contribuir com uma parcela da sociedade, que ainda é carente de oportunidades: os jovens. Hoje, podemos ver o crescimento que esses alunos tiveram ao longo de nossa caminhada, que foi marcada por trocas”.

Orador da turma, Vitor Henrique Morais Anselmo, 16, falou sobre o crescimento que obteve com a participação no projeto.

“A maioria, aqui, amadureceu muito. Saímos, hoje, muito mais capacitados. Devemos agradecer os nossos professores e equipe envolvida no projeto, pois foram eles quem nos guiaram até aqui. Eles nos mostraram que pela janela podemos ver as portas, mas eles não somente nos mostraram as portas, mas nos ensinaram também como abri-las”, disse o jovem, na oportunidade.

Ao final de todo o processo, algumas das empresas participantes já manifestaram a intenção de absorver alunos que concluíram o projeto. Uma delas é a Acipi, que pretende oferecer três vagas de estágio aos jovens que participaram da rodada de entrevistas, na quarta-feira da semana passada, dia 26.

“O sonho, que antes foi do Paulo (Checoli), foi abraçado por todos nós, e hoje se concretiza em realidade”, concluiu.

Deixe um comentário abaixo