Charqueada recebeu reunião do Fórum Permanente em Defesa do Rio Corumbataí

Publicado em Por Jose Guilherme Cortenove
Câmara promove 4ª Reunião do Fórum em Defesa do Rio Corumbataí

Câmara promove 4ª Reunião do Fórum em Defesa do Rio Corumbataí – Foto: Divulgação

Nesta quarta-feira, (30), aconteceu na Câmara Municipal de Charqueada, a quarta reunião do Fórum Permanente em Defesa do Rio Corumbataí.

A reunião foi marcada pela apresentação do Projeto “Nascentes”, desenvolvido pela Casa da Agricultura da cidade vizinha e a CATI (Coordenadoria de Assistência Técnica Integral) Regional de Piracicaba, com a apresentação de Melissa Sampaio e Denis Silva.

O objetivo é envolver produtores rurais em um programa para recuperação e preservação dos córregos Água Branca e Boa Vista.

“O município de Charqueada procurou a CATI entre 2011 e 2012, preocupado com o abastecimento da cidade, e a gente montou esse projeto de preservação dos mananciais”, explica Melissa Sampaio, que atua na Casa da Agricultura de Charqueada. Ela explica que foi desenvolvido um amplo panorama da situação atual dos córregos e, após visita em campo, foi desenvolvido cálculo do que deveria ser preservado.

A execução do “Nascentes” depende da adesão dos proprietários (faltam apenas dois entre 32 daquela região para autorizarem a atuação dos técnicos da CATI). A próxima fase envolve a elaboração do PIP (Projeto Individual de Propriedade), a qual não terá qualquer custo aos proprietários.

“Além do reflorestamento, também vamos desenvolver ações para conservação da água, infiltração de solo, recuperação de estradas, fossas biodigestoras, cerca para o gado não invadir áreas de reflorestamento”, explica Melissa Samappaio.

“É um motivo de muita satisfação e orgulho ver o trabalho que estão desenvolvendo para a preservação das nascentes”, destacou o vereador de Piracicaba, José Aparecido Longatto (PSDB), vereador e criador do Fórum Permanente em Defesa do Rio Corumbataí. Ele adverte a importância da conservação ambiental em toda a bacia.

“Temos que conscientizar as cidades a montante (ficam mais próximas da nascente)”, completa  o parlamentar.

Ele lembra que 90% da água que abastece a cidade de Piracicaba é oriunda do Rio Corumbataí. “O Fórum vem cobrando, tanto o tratamento dos esgotos, quanto o acondicionamento do lixo e, agora, eu acho que é de fundamental importância a preservação das nascentes, e por isso nós temos que continuar com este trabalho”, ressalta.

Para o vereador Vinicius Roccia, de Charqueada, o fórum mostra um processo de conscientização que é uma demanda de 20 anos, “desde que o Longatto vem debatendo a preservação do Corumbataí, sobretudo a importância de preservar o rio”, disse.

Primeiro-secretário da Câmara Municipal de Charqueada, Roccia enaltece o trabalho da Casa da Agricultura e da CATI.

“A cidade passou por uma situação complicada em 2014 com a crise hídrica, e esse projeto vem para melhorar a vazão das nascentes”, destacou.

A preocupação com as nascentes tem sido crescente entre as cidades da bacia do Corumbataí. O presidente do Semae, Rubens Françoso, também participou da reunião e destacou o plano de Piracicaba em desenvolver, a partir de 2018, o PSA (Pagamento Sobre Serviços Ambientais) aos produtores rurais do município.

“O prefeito Barjas Negri nos convocou a reservarmos dinheiro no orçamento do ano que vem”, ressaltou.

Françoso também informou que no próximo dia 25 será lançado o programa de conservação de nascentes de Piracicaba, que envolve, além do Semae (Serviço Municipal de Água e Esgoto), a Sema (Secretaria Municipal de Agricultura), a Sedema (Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente), a CATI, os órgãos de representação da Bacia PCJ e a Coplacana (Cooperativa dos Plantadores de Cana).

A reunião do Fórum Permanente em Defesa do Rio Corumbataí também contou com vereadores e representantes das cidades de Corumbataí: Henrique Macedo Neto e Vera Aparecida Altarúgio; vereador Julinho Lopes – Rio Claro; Waldemar Bóbbo – Presidente do IPSA – Instituto de Proteção Sócio Ambiental da Bacia Hidrográfica do Rio Corumbataí – SP; vice-prefeito de Santa Gertrudes, Glalson Chamon; vereadora Elisabete Oliveira da Silva – Itirapina; Leonardo Lucas Baumgratz – Agência das Bacias PCJ e Antonio Cezário Longatto – Presidente da Oecco (Organização Ecológica Cultural Corumbataí).

Deixe um comentário abaixo