Eleição em São Pedro deve ser polarizada com apenas dois candidatos em São Pedro deve ser polarizada com apenas dois candidatos

Publicado em Por Jose Guilherme Cortenove

Atual prefeito Helinho X grupo de ex-prefeito Du Modesto

 

A cidade de São Pedro tem atualmente 23 partidos políticos constituídos, de acordo com o site do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) e todos já se posicionaram oficialmente ou extraoficialmente sobre os apoios nas eleições deste ano, indicando que a cidade deve contar com apenas dois candidatos ao Executivo Municipal.

Dezessete partidos, sendo eles: PRB (Partido Republicano Brasileiro), PP (Partido Progressista), PDT (Partido Democrático Trabalhista), PMDB (Partido do Movimento Democrático Brasileiro), PSL (Partido Social Liberal), PTN (Partido Trabalhista Nacional), PSC (Partido Social Cristão), PR (Partido da República), PPS (Partido Popular Socialista), DEM (Democratas), PSB (Partido Socialista Brasileiro), PRP (Partido Republicano Progressista), PEN (Partido Ecológico Nacional), PSD (Partido Social Democrático), PC do B (Partido Comunista do Brasil), SD (Solidariedade) e PROS (Partido Republicano da Ordem Social), apoiam as candidaturas de Helinho Zanatta (PSD) a prefeito e Thiago Silva a vice-prefeito, ambos para a reeleição, conforme convenção realizada ontem.

Já os demais partidos: PT (Partido dos Trabalhadores), PSOL (Partido Socialismo e Liberdade), PV (Partido Verde), PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira), PHS (Partido Humanista da Solidariedade) e PTB (Partido Trabalhista Brasileiro), já declararam que apoiam a pré-candidatura do ex-prefeito Eduardo Modesto (PV) ou de quem o grupo indicar, cuja convenção está marcada para amanhã.

Como Modesto teve suas contas de 2011 rejeitadas pela Câmara Municipal no ano passado e foi condenado pela Justiça Eleitoral de São Pedro e o TRE (Tribunal Regional Eleitoral) por abuso do poder econômico nas eleições de 2012, o ex-prefeito recorre da condenação em Brasília, o que ainda não é possível saber se estará ou não apto a disputa.

No entanto, é certo que o ex-prefeito, que até abril era tucano, conseguiu arregimentar seis partidos para a disputa de seu grupo contra o grupo do atual prefeito e nos próximos dias a população saberá quem e quais serão os candidatos dessa coligação, uma vez que a do atual prefeito esta definida.

Deixe um comentário abaixo