ESF realiza ações de combate ao mosquito Aedes aegypti

Publicado em Por Jose Guilherme Cortenove

A Secretaria de Saúde de Ipeúna, por meio da Estratégia de Saúde da Família (ESF) reitera à população o alerta para o cuidado com quintais, calhas e qualquer outro local que possa acumular água e tornar-se um potencial criadouro de larvas do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, chikungunya e zika vírus.

Entre as ações de combate ao mosquito no município, a ESF dá continuidade no próximo sábado (12), às ações da campanha “Todos juntos contra o Aedes aegypti”. As agentes de saúde prosseguem com as vistorias no bairro Altos de Ipeúna e Jardim dos Ipês, com o objetivo de eliminar possíveis criadouros do mosquito.

A campanha teve início em setembro e se estenderá até o final do ano, sempre aos sábados, com novas vistorias previstas para os dias: 19 de novembro e, 03 e 10 de dezembro. A primeira edição da campanha foi desenvolvida no município entre os meses de março a maio, quando foram visitadas 2.157 imóveis.

O secretário de Saúde Jordano Zanoni solicita a colaboração dos moradores para que deixem as equipes realizarem a inspeção, que visa à eliminação de possíveis criadouros do mosquito transmissor. Desde o início do ano, Ipeúna registrou cinco casos de dengue e nenhum caso de febre chikungunya ou zika vírus. “Apesar disso, as pessoas precisam continuar atentas e eliminar qualquer forma de água parada em casa, como pratos de plantas, caixas de água abertas, pneus, mas também evitar jogar lixos nas ruas, pois até uma tampinha de garrafa com água pode ser abrigo para as larvas do mosquito”, enfatiza Jordano.

Deixe um comentário abaixo