Estratégia de Saúde da Família realizou a primeira reunião do Gestar

Publicado em Por Jose Guilherme Cortenove
Estratégia de Saúde da Família realizou a primeira reunião do Gestar

Estratégia de Saúde da Família realizou a primeira reunião do Gestar – Foto: Divulgação

Na sexta-feira da semana passada, dia 22, a Secretaria Municipal de Saúde de Ipeúna realizou por meio da Estratégia de Saúde da Família (ESF), a primeira reunião do Grupo de Apoio às Gestantes (Gestar).

O evento reuniu as futuras mamães e alguns pais, além da equipe multidisciplinar da ESF, que acompanhará as gestantes com o objetivo de contribuir para a melhoria da qualidade de vida da gestante e do bebê, complementando o pré-natal.

Na abertura, o secretário municipal de Saúde Jordano Zanoni, falou que a gravidez é um período que traz para a mulher muitas fragilidades, dúvidas e medos. “Independente do número de filhos que a mulher tenha, cada gestação é única e traz preocupações específicas que podem refletir no trabalho de parto e na integração do novo membro ao seio familiar. Nosso objetivo é acompanhar a gestante e o bebê, agindo nas entrelinhas desta gestação, buscando oferecer informações adicionais que possam complementar o pré-natal”, destacou Jordano Zanoni.

O secretário ressalta, no entanto, que a participação no Gestar não substitui o pré-natal.

De acordo com o enfermeiro Willian Zanon Guidotti, o Gestar prevê uma equipe multidisciplinar, composta por: médico, enfermeiros, psicólogo, dentista e fonoaudiólogo.

“Atualmente existem cerca de 100 mulheres grávidas no município e nosso objetivo é atender o maior número possível. Organizamos dois grupos de mulheres e as reuniões acontecerão quinzenalmente, intercalando as equipes, sempre às sextas-feiras, com o objetivo de unificar o grupo”, ressaltou o enfermeiro.

Guidotti explica que o programa prevê cinco encontros, durante os quais serão abordados, diversos temas, entre eles: medicina fetal e gestão de risco, postura, ergonomia e atividade física as modificações que ocorrem durante a gestação, a importância do pré-natal, aleitamento, tipos de parto, massagem, depressão pós-parto, entre outros assuntos.

As gestantes receberam uma caderneta onde serão anotados todos os dados pertinentes ao bebê e à gestante, como o calendário de vacinas e suas orientações; a solicitação dos exames de rotina; as orientações sobre a sua participação nas atividades educativas, reuniões em grupo e visitas domiciliares; o agendamento da consulta médica.

O Gestar destina-se a todas as gestantes, independente do tempo de gestação.

A iniciativa agradou em cheio o futuro papai Jeferson Fabiano Trigo, cuja esposa está grávida de dois meses. “Como pai de primeira viagem achei a iniciativa muito interessante, pude aprender muita coisa hoje sobre gestação; coisas que eu nem imaginava. Quero participar com minha esposa sempre que possível, pois assim vou entender melhor esse período e poderei ajudar mais”, ressaltou o papai.

A gestante Patrícia Aparecida Dominguinho, grávida do segundo filho, gostou da ideia.

“Mesmo já sabendo de muita coisa, acredito que há sempre o que aprender e acho que as informações serão muito úteis para mim e para as outras participantes também”, afirmou.

Ao final da reunião, a equipe serviu um delicioso lanche aos participantes.

O Grupo de Apoio às Gestantes (Gestar) atende na Unidade de Estratégia de Saúde da Família (ESF), que fica na Avenida 3 n0 242, Centro e acontece quinzenalmente, às sextas-feiras, às 9 horas e maiores informações podem ser obtidas pelo Telefone: (19) 3576-1224.

Deixe um comentário abaixo