Inauguração oficial da “Estação Criativa”, um Centro de Referência em Empreendedorismo

Publicado em Por Diagramador

 

Não é de hoje que a cidade de Torrinha vem se destacando na área do desenvolvimento econômico e social, através do empreendedorismo.

E mais uma vez a cidade inova ao criar a “Estação Criativa”, espaço que será inaugurado hoje na cidade, registrando mais um grande momento da “Cidade Empreendedora”, que vem sendo projetada pelo prefeito Thiago Rochiti (PSL), com apoio de sua equipe e da gestora do Programa “Torrinha, Cidade Empreendedora”, Maria Lúcia Baltieri.

A estação é um local de incubação, atendimento e suporte a profissionais e empreendedores que atuam nos setores criativos, por meio da oferta de informação, capacitação, consultorias e assessorias técnicas, fomento ao associativismo e criação de redes, entre outros serviços voltados para a qualificação da gestão de projetos, produtos ou serviços ligadas às cadeias criativas. Sua missão é fortalecer a rede da Economia Criativa do município de Torrinha por meio do fomento de empreendimentos e agentes criativos de forma sustentável e sua visão é ser referência em desenvolvimento da Economia Criativa na região central do Estado de São Paulo. Ocupa as dependências da Estação Ferroviária de Torrinha e já abriga os seguintes projetos: Escola de Luthieria de Viola Caipira, Escola de Moda e Vestuário, Escola do Vidro, Orquestra Torrinhense de Viola Caipira, Café da Estação, Memorial do Carnaval, Diretoria de Desenvolvimento e Políticas de Empreendedorismo. Central de Capacitações. Sala do Empreendedor, Banco do Povo, Sede da Associação Amigos de Torrinha e Sede da Associação de Empresários do Turismo

“Considerando a expressiva vocação cultural e poder criativo do povo torrinhense, é imperioso destacar o potencial da economia criativa para o desenvolvimento socioeconômico da cidade. Este cenário é composto por profissionais autônomos, empreendedores individuais (MEI) e MPE’s, estando muitos ainda em fase de consolidação. Normalmente a gestão costuma ser o principal problema de quem começa um negócio neste segmento. Sendo assim, é preciso aprofundar o planejamento, a modelagem do plano de negócios e a profissionalização dos setores. Dessa forma o suporte da Estação Criativa é fator fundamental para propiciar um ambiente favorável voltado para a profissionalização daqueles que trabalham em áreas voltadas à economia criativa”, destaca Maria Lúcia Baltieri, gestora do Programa “Torrinha Cidade, Empreendedora” e Diretora de Desenvolvimento e Políticas de Empreendedorismo.

Segundo ela explica “a Estação Criativa visa fortalecer e desenvolver a economia criativa do município de Torrinha, através da consolidação de sólidas parcerias para promover a geração de conhecimento, na realização de formações técnicas essenciais em empreendedorismo, gestão e inovação, além da prestação de serviços de consultoria, assessorias, promoção de articulações institucionais e do fomento e fortalecimento de redes e coletivos de profissionais e empreendedores criativos”.

A estação visa incentivar a economia criativa que constitui-se na mais recente linha de pesquisa dentro do processo de evolução da criatividade e representa um passo a mais na direção da consolidação e da maturidade da criatividade enquanto área do conhecimento e também no sentido de uma visão mais abrangente, voltada à solução de problemas sociais e formulação de políticas públicas.

Cidades criativas são aquelas capazes de encontrar dentro de si a solução para seus problemas, que transformam o tecido econômico urbano, com base no que tem de mais singular, criativo e específico em um entendimento de sua identidade cultural. São também aquelas que têm o potencial para criar riqueza e emprego através do desenvolvimento de propriedade intelectual e de suas especificidades, de suas marcas. Uma cidade criativa é capaz de atrair empreendedores, investimentos e um perfil de turista que respeita e aprecia a cultura local, entendendo a cidade como sua anfitriã.

Reconhecendo que o contexto formado pela convergência de tecnologias, globalização e a insatisfação com o atual quadro socioeconômico mundial atribuem à criatividade o papel de motivar e embasar novos modelos de negócios, processos organizacionais e institucionais, ainda no ano passado, o prefeito de Torrinha, Thiago Rochiti (PSL) tomou a decisão estratégica de criar a Estação Criativa, que é um Centro de Referência em Empreendedorismo, a qual fica localizada na Estação Ferroviária da cidade.

“A escolha do local e da criação da estação visa agregar e demonstrar as inúmeras ações em curso e os produtos finais do processo que remetia diretamente à aplicação e implementação dos conceitos da economia criativa no município de Torrinha”, explica a diretora.