IV Afropira resgata as tradições e a cultura negra:

Publicado em Por Hosana Cortenove

Evento começa hoje e segue até amanhã em Piracicaba

Considerado um dos maiores eventos da cultura afro-brasileira do interior paulista, o Festival Afropira acontece hoje, dia 19 e amanhã, domingo, no Engenho Central, em Piracicaba.

Mais de uma centena de atrações fazem parte da programação do evento, que inclui música, debates, brincadeiras infantis, culinária e oficinas de música, pintura e artesanato. A iniciativa, que chega à sua quarta edição, é realizada pela Prefeitura de Piracicaba, por meio da Semac (Secretaria Municipal da Ação Cultural). A entrada é gratuita.

Hoje, o Afropira abre suas portas a partir das 16h, com desfile de moda afro, oficinas de capoeira, encontro de sambistas, terreiros e comunidades de samba. Entre as atrações, destaque para o grupo de dança e percussão Kelefa, do Senegal.

Amanhã, dia 20, o evento começa às 12h, com intensa agenda de atividades. O almoço será servido das 12h às 15h (informações sobre convites pelo telefone 3036-9309) com apresentações de jazz, blues e chorinho, com Thereza Alves, Wagner Silva, Xeina Barros, Marco Abreu e Preté. Grupos de batuque de umbigada, maracatu feminino, oficinas de capoeira, samba de roda, beleza e estética, espaço infantil, além de discussões sobre a cultura e religiosidade, completam o dia.

Para a secretária municipal da Ação Cultural, Rosângela Camolese, o resgate e a valorização das culturas formadoras da sociedade brasileira devem ser um exercício permanente.

“Em sua quarta edição, o Afropira é um evento já consolidado. Ele fortalece laços, resgata tradições e levanta discussões sobre temas importantes, fundamentais para o entendimento e a compreensão do quanto a sociedade brasileira é plural e rica culturalmente”, destaca a secretária de Cultura.

Deixe um comentário abaixo