Marcelo Pato propõe Titulo de Cidadão ao empresário João Andrade do Thermas Water Park

Publicado em Por Hosana Cortenove

Nesta semana, durante a sessão ordinária da Câmara Municipal de Águas de São Pedro, o vereador Marcelo da Silva Bueno, conhecido como Marcelo Pato (PSD), apresentou o Projeto de Decreto Legislativo nº 05/2017, que “Concede o título de Cidadão Aguapedrense ao Excelentíssimo Senhor João Andrade, Empresário e Fundador do Thermas Water Park de São Pedro”.

O homenageado João Andrade, nascido no dia 25 de dezembro de 1956, na cidade de São João de Caiuá, Paraná, João Andrade, do grupo J. Andrade, mantém uma história de muito trabalho, dedicação e sucesso frente o parque aquático Thermas Water Park, localizada na estância turística de São Pedro. Filho do Agricultor Aguinor Andrade e da doméstica Maria Madalena Andrade, João é o único homem entre os cinco filhos do casal.

Em 1981, quando estava com24 anos, casou-se com Silvia Regina Bernardes Andrade, e tiveram os filhos João Victor, Maria e Felipe Andrade. Para ajudar o pai com o sustento da família, João Andrade começou a trabalhar desde criança. Até os 13 anos, foi boia-fria na colheita de algodão, antes de iniciar o ginásio em um colégio agrícola, em Presidente Prudente. Após cursar técnico em Agropecuária e Topografia, iniciou sua carreira de empresário com grandes projetos de loteamentos populares em Presidente Prudente e região.

Com “a faculdade da vida”, João Andrade conta que em 1978, desenvolveu seu primeiro empreendimento voltado ao lazer, em Balsas, Maranhão. Dois anos depois, o segundo empreendimento foi realizado em Pitangueiras, na região de Ribeirão Preto.

Em 1990, conheceu São Pedro e decidiu comprar uma fazenda de quase 100 alqueires. Sem nenhum tipo de infraestrutura, João Andrade, sempre com a esposa Silvia Andrade ao lado, fundou o Thermas de São Pedro, considerado hoje um dos maiores empreendimentos de lazer e entretenimento da América Latina.

Marcelo Pato propõe Titulo de Cidadão ao empresário João Andrade do Thermas Water Park

Marcelo Pato propõe Titulo de Cidadão ao empresário João Andrade do Thermas Water Park – Foto: JR

Em 1993, a segunda unidade foi construída em Águas de Lindóia, também localizada no interior Paulista. Atualmente, numa área de aproximadamente 180 alqueires, o conhecido Thermas Water Park oferece cerca de 250 empregos diretos e chega até 500 com os terceirizados. De acordo com João Andrade, sua dedicação ao parque aquático de São Pedro é de praticamente  em 100% do tempo, comparado aos demais negócios da família. Depois de inaugurar a maior piscina de ondas do Estado, com cerca de 3 milhões de litros de água e   capacidade para atender até 5 mil pessoas, João disse que novos projetos, como tobo-águas  vindos do Canadá e um simulador de histórias de piratas, como animação em 3D, devem ser implementados em breve.

Para os próximos três anos, com a criação de novos atrativos, a capacidade de atendimento do clube, que hoje é de 8 mil pessoas, deve chegar a 15 mil visitantes por dia. Dando continuidade ao projeto imobiliário do Grupo J Andrade, que já conta com o Residencial Terra das Águas, com 495 terrenos de 450 metros quadrados cada, João Andrade disse que um grande projeto deve ser concretizado em breve: O Royal Resort São Pedro.

Em parceria com um dos maiores grupos do ramo, o Grupo Privè, de Caldas Novas, cerca de 420 apartamentos, com 45  metros quadrados cada, deverão ser construídos numa área próxima à piscina de ondas, gerando até 1.000 novos empregos para São Pedro e Águas de São Pedro. Além da área de lazer do próprio Royal Resort São Pedro, toda estrutura de lazer e diversão do Thermas Water Park estará à disposição dos moradores, cujo local prevê a ocupação de pelo menos 1.200 leitos.

“Quando escolhemos São Pedro e Águas de São Pedro para morar, as cidades eram destinos turísticos conhecidos. Hoje, notamos certa inversão. O Thermas faz com que as cidades fiquem mais conhecidas, por conta da sua grande quantidade de público”, declara sempre o empresário João Andrade.

“Trata-se de justa homenagem, que a Municipalidade de Águas de São Pedro, representada pela Câmara de Vereadores Municipal presta a um homem que é merecedor de estar em nosso Convívio e ser um cidadão Aguapedrense”, justificou o vereador Marcelo Pato sobre a proposta.

Deixe um comentário abaixo