Nancy Thame prevê fim da violência em decreto legislativo

Publicado em Por Adelle Gebara

Após uma série de reuniões, com objetivo de levantar um debate amplo para reflexão sobre diferentes formas de agressões e contextos que desencadeiam violências graves contra as mulheres, é definida a programação do calendário “16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra a Mulher”.

“Nancy Thame prevê fim da violência em decreto legislativo” – Foto: Assessoria Parlamentar

Os eventos, previstos no Decreto Legislativo 14/2017 de autoria da vereadora Nancy Thame (PSDB). contam com o apoio do Conselho Municipal da Mulher, Conselho da Comunidade Negra de Piracicaba, Defensoria Pública, Promotoras Legais Populares, Marias de Luta, Vivendo Nossa Arte e Comissão de Igualdade Racial e OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) de Piracicaba.

No dia 23 de novembro será realizada a palestra sobre: “Gênero, Etnia e Diversidade: O Mapa da Violência”, no dia 30: “Educação de “Gênero: Discutindo a Masculinidade”, e 07 de dezembro o tema será “Políticas Públicas para promoção dos Direitos Humanos”.

Os encontros acontecerão das 14h00 às 17h00. (Nos dias 23/11 e 07/12, na Câmara e 07/12 no SESC).

A campanha, que iniciou-se em 1991 e hoje conta com a adesão de cerca de 160 países, é uma mobilização anual, praticada simultaneamente por diversos atores da sociedade civil mais o Poder Público engajados nesse enfrentamento.

O início, que será dia 25 de novembro, Dia Internacional da Não Violência contra a Mulher e 6 de dezembro, Dia Nacional de Mobilização dos Homens pelo Fim da Violência contra as Mulheres, segue até 10 de dezembro, Dia Internacional dos Direitos Humanos. No Brasil, ocorre desde 2003 e, para destacar a dupla discriminação vivida pelas mulheres negras, as ativi dades são reforçadas pelas ações do Dia 20 de Novembro, Dia da Consciência Negra. Segundo dados, as mulheres negras encontram-se na base da pirâmide social e são as maiores vítimas da violência de gênero.

Esses ’16 Dias’ são contemplados com uma grande quantidade de atividades em diferentes instituições: Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República, Procuradoria da Mulher no Senado, Secretaria da Mulher da Câmara dos Deputados, Ministério da Justiça, Ministério da Saúde, Juizados e Núcleos do Ministério Público e da Defensoria especializados na aplicação da Lei Maria da Penha nos Estados, entre outros.

“Nancy Thame prevê fim da violência em decreto legislativo” – Foto: Assessoria Parlamentar

Deixe um comentário abaixo