Obras da adutora do Poção devem ser entregues até o fim de junho garantiram diretores da Sabesp

Publicado em Por Diagramador

Prefeito Thiago Rochiti visitou o local junto a diretores da Sabesp

O prefeito Thiago Rochiti visitou na manhã desta quarta-feira, 09/03, na região dos Três Saltos, as obras de construção da adutora do Poção da Sabesp. A tubulação terá quase oito quilômetros de extensão. A previsão para a entrega da obra é 30 de junho.

Segundo o superintendente regional, Mário Affonseca Pardini, a obra deve ter um custo estimado em R$2,5 milhões.  O bombeamento da água do poço profundo, – já perfurado no local e que capta águas do aquífero Guarani -é complexo e depende de alta tecnologia.

Serão necessários processos como o de energização do local, confecção de roscas e tubos, painéis de controle, montagem de estação elevatória e conclusão da montagem de equipamentos.

O caminho por onde percorrerá a adutora na estrada rural dos Três Saltos até a zona urbana também é difícil de ser perfurado por conta da quantidade de lama e o tempo chuvoso do início do ano com previsão de terminar no início de maio. Segundo Pardini, até o fim de maio a água deve estar sendo bombeada para a cidade.

Thiago Rochiti pediu agilidade e empenho dos representantes da Sabesp “É uma obra histórica para o município. Nós teremos além de uma água com uma excelente qualidade a garantia do abastecimento pelos próximos 30 anos”, comentou.

Pardini reafirmou o compromisso com Torrinha e garantiu que a cidade passará a ser referência no saneamento de água “À partir da conclusão e do funcionamento do Poção, Torrinha será uma cidade modelo para o conceito de captação e saneamento de água”, disse.

O diretor de Obras, Pedro Mauro Gallo e os diretores da Sabesp, Carlos Carreiras e Sandro Ramos acompanharam a visita. As colocação da tubulação está na altura da antiga Fazenda Olivete.

Deixe um comentário abaixo