Pessoas recebem orientação sobre elaboração de currículo no Balcão de Emprego de Ipeúna

Publicado em Por William Camargo

Conseguir uma colocação no mercado, principalmente o primeiro emprego não é uma tarefa muito fácil nestes dias. Por isso, o Balcão de Empregos de Ipeúna, identificando uma das principais dificuldades dos candidatos, especialmente daqueles que buscam o primeiro emprego, tem auxiliado na elaboração e confecção adequada do currículo.

De acordo com a assistente social Rosa Torrezan, o Balcão tem elaborado uma média entre 1.200 a 1.250 currículos por mês. “Até meados de maio, por exemplo, esse número não chegava a mil; a partir de junho, no entanto, verificamos uma média entre 1.200 a 1.250 pessoas solicitando a elaboração de currículos aqui no Balcão”, explica.

A assistente social observa que muitos candidatos não apresentam um currículo elaborado de acordo com as transformações exigidas para o mercado de trabalho. “Algumas pessoas se contentam em entregar o currículo em forma de formulário preenchido a mão; elas não sabem que o simples fato de apresentar este formulário bem como um currículo mal elaborado diminui muito as chances de serem convidados a participar de uma entrevista”. Outra dica importante é a colocação da foto. “Somente se o empregador solicitar, mas é preciso evitar as fotos em poses com caras e bocas, que são mais indicadas para as redes sociais”, orienta.

Outra dúvida frequente observa Rosa, é quanto ao preenchimento da experiência profissional. “Elas devem ser descritas em ordem decrescente, ou seja, da atividade mais recente para a mais antiga, as três últimas sempre contendo o nome da instituição que o candidato trabalhou, o período e a função desempenhada” esclarece. Ela alerta ainda para que o candidato não cite experiências que não possam ser comprovadas com certificados, carteira de trabalho, holerite, recibo de salário ou outros.

“Os candidatos não devem inventar informações, como o grau de escolaridade, pois podem ser convocados a comprovar as informações fornecidas através de documentos e, se eles não existirem, pode comprometer a entrevista”. A assistente social observa que na hora da entrega do currículo, a apresentação faz diferença. “Não deixe o papel amassar, não altere a caneta, nem tire cópia, leve em pastas para se prevenir, não deixe na recepção, pergunte na empresa, quem é o responsável pela contratação, tente entregar pessoalmente pra ele, se apresente e entregue seu currículo, seja simpático (a) e sorria”.

Pessoas recebem orientação sobre elaboração de currículo no Balcão de Emprego de Ipeúna

Rosa ressalta que essas e outras informações importantes como: reconhecer suas habilidades, elaborar carta de apresentação, como participar de entrevistas e dinâmicas, fazem parte do Programa Time do Emprego realizado pelo Balcão de Emprego em parceria com o Governo do Estado, para a recolocação profissional no mercado de trabalho.

Mais informações podem ser solicitadas pelo e-mail: ipeunabalcaodeemprego@gmail.com ou diariamente na Rua Silvio Pazetto nº 180. O horário de atendimento é de segunda à sexta-feira, das 08h00 às 11h30min e das 13h00 às 15h30min.

Deixe um comentário abaixo