Prefeito Carlos Defavari e vereadores se reúnem na Câmara

Publicado em Por Hosana Cortenove

Incomum nas últimas gestões de Rio das Pedras, logo no primeiro mês de gestão do prefeito Carlos Defari, foi até a Câmara Municipal e se reuniu com vereadores para informar a real situação que o município se encontrar e responder questões levantadas pelos parlamentares.

Todos os vereadores participaram da reunião, inclusive a vereadora Ilzanete/Nega que teve que se ausentar pouco após o início da conversa por motivos de saúde.

Carlos Defavari com franqueza, explicou para os vereadores o panorama real que enfrenta em sua administração com as seguintes palavras: “A situação da Prefeitura está complicada, sem recursos e com muitas dívidas. Estamos reestruturando setores básicos de serviços, como na garagem, onde não eram comprados pneus para os veículos desde 2014”.

Prefeito Carlos Defavari e vereadores se reúnem na Câmara

Prefeito Carlos Defavari e vereadores se reúnem na Câmara – Foto: Divulgação

Os vereadores levantaram questões, todas respondidas pelo prefeito. Entre os temas, se falou sobre o hospital – que voltou a fazer cirurgias neste ano –, novos loteamentos e suas infraestruturas, ações e medidas tomadas pela administração, criação e instalação de Ecoponto, implantação de um novo distrito industrial, cobrança do pedágio e melhorias para o distrito industrial, procedimentos de saúde, educação, entre outros.

Carlos Defavari falou também sobre os projetos de lei que serão encaminhados para análise do Legislativo, como o parcelamento da dívida do SAAE com a CPFL, que passa de R$ 1 milhão e precisará ser dividida em 60 vezes.

O presidente da Câmara, Carlos Sicca, fez questão de ponderar: “O que não pode é faltar água. Sabemos que a cidade tem hoje uma perda de cerca de 50% da água tratada. O SAAE está trabalhando para melhorar o abastecimento, já não tem mais faltado água no São Cristóvão. O Bom Jardim é o bairro que mais sofre hoje e a autarquia está trabalhando pela melhorar o fornecimento de água para os moradores”.

Deixe um comentário abaixo