Prefeito de Charqueada procura Delegacia Especializada para identificar e punir autores de ataques pessoais em rede social.

Publicado em Por Diagramador

Após ter sido alvo de várias “ataques pessoais” e denúncias consideradas como “infundadas” através das redes sociais, o Prefeito de Charqueada, José Henrique Piazza (PT), montou uma comissão de advogados para buscar identificar e punir os autores se se utilizam de perfis falsos para cometerem os crimes.

Segundo informações o departamento jurídico, da Prefeitura Municipal de Charqueada acionou a Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI) da Delegacia de Investigações Gerais – DEIC para que proceda as investigações e identifique os responsáveis pelos ataques.

“A partir de agora, todo responsável por qualquer comentário calunioso que agrida a moralidade dos funcionários públicos e o prefeito, bem como a integridade de seus familiares estará sujeito a responder judicialmente pelas publicações quando caluniosas ou difamatórias”, explicam.

“A medida não visa, e nem tem o intuito de impedir críticas ou cercear a liberdade de expressão dos munícipes, mas tem a intenção de punir perfis falsos ou não que promovam ataques pessoais a qualquer funcionário público”, completaram os advogados.

“A prefeitura disponibiliza vários canais oficiais para receber reclamações, sugestões e elogios e sou a favor de críticas construtivas, porém pessoas covardes que se escondem atrás de perfis falsos promovendo o ódio e ataque pessoal falando inverdades sobre mim, minha família e funcionários públicos, seja de um perfil falso ou não, agora serão denunciadas, responsabilizadas e investigadas pela polícia civil especializada” ressaltou o prefeito Piazza.

O Departamento Jurídico da prefeitura informou ainda que além de vários perfis falsos, foram encaminhados a Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI) perfis de pessoas reais que em seus comentários atingiram a honra de servidores públicos e do prefeito.

“Vamos acompanhar o trabalho da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI) e na medida em que tivermos em mãos os resultados adotaremos as medidas cabíveis”, finalizou Piazza.

Deixe um comentário abaixo