Prefeito eleito Defavari esta preocupado com situação financeira de Rio das Pedras

Publicado em Por Jose Guilherme Cortenove

Nesta semana, em entrevista ao jornal “O Regional”, o prefeito eleito de Rio das Pedras, Carlos Defavari, destacou a sua preocupação com a situação econômica da cidade.

O prefeito eleito, Defavari, disse que sua meta é acertar a Certidão Negativa de Débitos da Previdência Social e Fazenda Nacional, para que a cidade possa receber recursos, inclusive de convênios.

“A primeira coisa que precisamos acertar é a Certidão Negativa de Débitos da prefeitura, para que possamos voltar a receber recursos, que são essenciais para manter a cidade em ordem e aos poucos retomar o seu curso normal. Para se ter uma ideia de nossa preocupação, até mesmo os recursos que a cidade recebeu referente a repatriação de R$ 1.200.000,00 (um milhão e duzentos mil reais) acabaram sendo bloqueados. Se temos já uma crise nacional em andamento, infelizmente em nossa cidade a situação é ainda pior”, contou o prefeito eleito.

“Temos uma dívida de R$ 43 milhões com o INSS. Esperamos que o governo federal faça logo um REFIS. Vamos ao Ministério da Previdência buscar um parcelamento. Tenho acompanhado em Americana o que foi feito e também o Hélio Zanatta em São Pedro que também teve problemas nesse sentido e conseguiu reverter a situação”, explica Defavari, demonstrando que tem buscado soluções.

Defavari falou ainda que tem encontrado dificuldades no processo de transição, mas que tem buscado trabalhar para iniciar o mandato em janeiro de 2017 de melhor forma possível.

“A gente percebe que grande parte do que precisamos não veio da forma que necessitamos. Tem informações que teríamos que aprofundar mais. Começamos a ter uma abertura melhor há alguns dias atrás. Não sabemos se a lentidão ocorre por falta de gente, fechamento de contas, mas estamos na luta. Amanhã (ontem) teremos uma reunião com o prefeito e pediremos uma melhor abertura para facilitar esse processo de transição”, explicou o prefeito eleito.

O problema da saúde, é outra grande preocupação do prefeito eleito, uma vez que atualmente os médicos do hospital da cidade estão sem receber e há uma dívida de cerca de R$ 1.500.000,00 (um milhão e quinhentos mil reais) com o hospital.

“Como eu sempre coloquei a saúde em primeiro em nosso programa de governo, sempre tive realmente preocupação com essa área. Os médicos estão há quatro meses sem receber e devem parar suas atividades. Eu fico preocupado realmente com essa situação, porque eles podem parar no dia 01 e no dia 02 como ficará o atendimento? Tenho pedido ao presidente da Câmara Municipal para antecipar a devolução dos recursos a prefeitura e intermediado junto ao prefeito para que sejam utilizados para minimizar as dificuldades com o hospital. Os recursos da repatriação poderiam ajudar muito, mais como foram sequestrados, isso acaba prejudicando, reforçando a urgência de conseguirmos a CND de volta. Mais quero deixar claro para a população que mesmo antes de assumir estamos todos muito empenhados em fazer o melhor por Rio das Pedras”, destaca o prefeito.

Deixe um comentário abaixo