Prefeito quer mais dois cargos de procuradores jurídicos em Torrinha

Publicado em Por Hosana Cortenove

Medida busca uma reaproximação com ex vice prefeito José Abdala

 

Após polêmica já gerada no ano passado, na Câmara Municipal de Torrinha, quando o prefeito Thiago Rochiti (PSD) tentou majorar em cerca de 70% os salários dos procuradores jurídicos da Prefeitura Municipal, agora o chefe do Poder Executivo encaminhou a Câmara Municipal o Projeto de Lei Complementar nº 12/2016 que “Dispõe sobre a alteração da lei municipal nº 1.387, de 15 de dezembro de 2010 e dá outras providências”, o qual na prática cria mais dois cargos de procuradores jurídicos no Quadro Efetivo.

A proposta foi lida na sessão ordinária da Câmara Municipal de Torrinha realizada na terça-feira da semana passada, dia 19.

O PLC de autoria do prefeito Rochiti também prevê a extinção de dois cargos de Assessor Jurídico, que não estão ocupados.

De acordo com o prefeito há uma sobrecarga de serviços na Procuradoria Geral do Município e há entendimentos de que o cargo de Assessor Jurídico seria ilegal.

“Como os dois cargos tem a mesma referência salarial não há aumento de despesas”, completa o Executivo na justificativa.

De acordo apuração da reportagem, o prefeito tenta com isso efetivar as duas candidatas que prestaram concurso e ficaram na 3ª e 4ª colocação, uma vez que os dois aprovados em 1º e 2º lugar estão trabalhando. Ainda segundo informações essa seria uma medida para tentar amenizar uma situação politica e tentar o apoio para o seu candidato a sucessão, do ex vice prefeito José Abdalla, já que sua esposa seria contemplada e também a outra advogada Drª. Naiara que já exerce a função de Assessora Jurídica na atual administração.

Deixe um comentário abaixo