Prefeito solicita verbas para aquisição de tasers para GCM de Águas de São Pedro

Publicado em Por Jose Guilherme Cortenove
Prefeito solicita verbas para aquisição de tasers para GCM de Águas de São Pedro

Prefeito solicita verbas para aquisição de tasers para GCM de Águas de São Pedro – Foto: Divulgação

O prefeito de Águas de São Pedro, Paulo Barboza, entregou ao deputado federal Celso Russomano o pedido de apoio para aquisição de pistolas de teasers, um armamento não letal, à GCM (Guarda Civil Municipal). O equipamento é mais conhecido como arma de eletrochoque e contribui para a abordagem suspeitos a curta distância. O documento não especifica valor e nem quantia, porém destaca o número de guardas que atuam na cidade (18).

O ofício foi entregue no dia 17 de outubro, durante a visita do prefeito e do secretário de Saúde, João Victor Barboza, à Câmara dos Deputados em Brasília. O documento destaca a importância do equipamento para o trabalho da segurança na cidade. “A reestruturação administrativa que estamos promovendo passa também pela composição dos instrumentos de trabalho dos servidores. Com a GCM não é diferente”, afirmou o prefeito. Conforme explicou Barboza, a cidade não dispõe hoje de recursos suficientes para a aquisição deste tipo de armamento não letal. “Contudo, precisamos buscar formas de melhorar as condições de trabalho da corporação. Por isso, em nossa viagem, buscamos com o deputado Celso Russomano uma ajuda a Águas de São Pedro, para melhorar a infraestrutura da Guarda Municipal. Estamos confiantes de que conseguiremos um bom retorno dos recursos solicitados na capital do nosso país”.

De acordo com a lei federal 13.060/2014, as Guardas Civis Municipais podem utilizar armas não letais. A pistola de eletrochoque promove a incapacitação neuromuscular, isso significa a mobilização momentânea da pessoa atingida. Por isso, ela é considerada não letal (não oferece risco de morte quando utilizada da maneira correta). No Brasil, apenas agentes da segurança pública estão permitidos de usar o equipamento. O comandante da GCM de Águas de São Pedro, Evandro Lopes, já participou de treinamento nesta área.

Deixe um comentário abaixo