Prefeitura denuncia empresários e ex-prefeito Salla ao Ministério Público

Publicado em Por Diagramador

Ontem, a Prefeitura de Brotas apresentou ao Ministério Público, uma denuncia de fraude em licitação e superfaturamento de preços.

O prefeito Orlando Pereira Barreto Neto, conhecido como Du Barreto, levantou que, no início de 2012, a empresa Travel Adventure Brazil, pertencente a Francisco de Paula Santos Freitas, o “Chicão” e Jamila Tavares Coimbra participaram de uma licitação, modalidade carta convite, para elaborar um guia turístico digital, no valor de R$ 7.850,00 para o governo do prefeito cassado Antonio Benedito Salla.

Foi constatado que a licitação estava cheia de vícios.

O preço tabelado para o serviço está cotado em R$ 2.800,00 pelo Sindicato das Agências de Propaganda, sendo que alguns profissionais independentes o fazem até por R$ 2 mil, em valores atuais.

Também foi levantado que das quatro empresas que deram carta-convite, uma nunca trabalhou com este serviço, a segunda empresa estava inativa na época, a terceira empresa não existe e a quarta empresa é a do próprio Chicão e Jamila.

Nenhuma delas era capacitada para fazer o serviço, conforme suas fichas cadastrais.

Os indícios apontam para fraude em licitação e superfaturamento de preços, acarretando prejuízo ao Erário Público e enriquecimento ilícito dos agentes.

Nestas condições e pelas provas levantadas, foi feita representação ao Ministério Público, desta vez envolvendo Chicão, Jamila e mais um ato suspeito do Governo Salla.

De acordo com a prefeitura mais informações deverão ser divulgadas em breve.

Matéria: Assessoria de imprensa

Deixe um comentário abaixo