Presidente do CONSEG explica papel do órgão e conquistas para a sociedade de Ipeúna

Publicado em Por Adelle Gebara

O empresário Junior Prata Presidente do Conselho Comunitário de Segurança (Conseg) de Ipeúna esteve nesta quarta-feira, (9), na Câmara Municipal, onde expôs um pouco sobre o papel do conselho e as conquistas obtidas, desde a criação da AMIP (Associação Amigos de Ipeúna).

Prata iniciou sua fala explicando a função do conselho.

“O CONSEG tem lideranças que se reúnem periodicamente para desenvolver campanhas e discutir a segurança, tendo como membros natos o Delegado de Polícia e o representante da PM, além dos membros da sociedade civil e em nossa cidade tem muitas conquistas”, destacou, dentre outras explicações.

Em seguida o presidente do CONSEG explicou os resultados obtidos pelo CONSEG na cidade.

"Presidente do CONSEG explica papel do órgão e conquistas para a sociedade de Ipeúna" - Foto: Divulgação.

“Presidente do CONSEG explica papel do órgão e conquistas para a sociedade de Ipeúna” – Foto: Divulgação.

“Muita gente pode perguntar o que o CONSEG já fez. Conseguimos, por exemplo, ter aqui um delegado titular de Policia Civil. Ficamos dez, doze anos sem ter um delegado e nós conseguimos. Nosso parceiro André Rosolem esteve hoje na Secretaria de Segurança Pública e recebeu a informação que tem cidades com 42 mil habitantes, que não tem delegado, isso para nós é um orgulho. Então tivemos essa conquista. Tivemos a questão do mapeamento das estradas rurais, que foram mapeadas e numeradas, ajudando as policias e até mesmo ambulâncias o SAMU. Depois identificamos os equipamentos existentes nelas. Enfim foram ideias que surgiram e fomos trabalhando, como a cartilha de orientação que criamos. Conseguimos aumentar o efetivo da Policia Militar, conquistamos também duas novas viaturas, uma para a PM e outra para a Policia Civil”, ressaltou Junior Prata.

Junior Prata destacou ainda dois assuntos mencionados pelos vereadores, como o pagamento de contas em única agência e a questão da iluminação pública, reforçando que a partir da preocupação com temas como esses, medidas podem ser adotadas para melhorar a segurança na cidade.

Uma das lutas atuais do CONSEG é pela celebração de convênio entre a Prefeitura e o Governo do Estado de São Paulo para a implantação da atividade delegada.

“Queremos também que os senhores revejam uma Lei que é de 1990 e regulamenta o funcionamento dos estabelecimentos comerciais em nosso município, pois temos alguns que não atendem essa lei e acabam se transformando em local para encontro de pessoas mal intencionas e que causam problemas na sociedade, como por exemplo, agridem suas mulheres e filhos quando chegam a suas residências e, por incrível que pareça ao maior numero de registro de ocorrência é agressão a mulher em nossa cidade”, contou Prata.

As reuniões acontecem nas ultimas quartas-feiras de cada mês, sempre as 09 horas da manhã, na sede da Câmara Municipal.

Deixe um comentário abaixo