Projeto incentiva alunos a regularizarem carteirinhas de vacinação

Publicado em Por Hosana Cortenove

Como parte do projeto “A importância da vacinação à população”, desenvolvido pela aluna do 3° ano, Camila Greter, da Escola Estadual “Aroldo Donizetti Leite”, conhecida como “Escola da Jaqueira”, em São Pedro, realizou uma ação de incentivo à atualização da carteirinha de vacinação dos alunos da escola da jaqueira.

Sob a orientação dos Professores Thiago Tavares e Marcos Aquino, foi feito um levantamento junto aos alunos da escola, em que foram entregues 21 carteirinhas de vacinação para análise sobre as vacinas atrasadas e faltantes, verificando-se que havia vacinas em atraso de HPV, Febre Amarela, Tríplice Viral, Hepatite A e DT (Tétano).

Esses alunos responderam a um questionário sobre os motivos que os levaram a essa situação, verificando-se que 47,8% deles não sabiam que tinha que tomar essas vacinas e 8% tinha medo de injeção. Também foi detectado que 70% tinham interesse em tomar as vacinas atrasadas.

Entendidos os motivos, realizou-se uma palestra com os pais e outra com os alunos reforçando a importância de tomar as vacinas e quais doenças podem ser evitadas mantendo a vacinação em dia.

Após isso, com o apoio da Secretaria da Saúde de São Pedro, foi realizada uma ação de incentivo à vacinação, com a ida de 16 alunos à UBS e a UMIS de São Pedro, onde foram tomadas as vacinas necessárias, chegando-se, assim, ao atendimento de 94% dos alunos participantes.

Esse projeto está concorrendo a uma bolsa de estudo de 50%, para qualquer curso de graduação da UNIMEP, no VII Decatlo Acadêmico, realizado em parceria com a Diretoria de Ensino de Piracicaba.

“A realização da pesquisa-ação foi muito importante para a conscientização e para a melhoria na qualidade de vida dos alunos, prevenindo doenças e ajudando a perceber a importância da vacinação para uma vida saudável. Esse tipo de ação é fundamental na escola, pois traz muitos benefícios às pessoas. Se eu conseguir a bolsa, pretendo estudar História, para ser professora e fazer projetos assim com os meus futuros alunos.”, afirma a aluna e pesquisadora.

Deixe um comentário abaixo