SAAESP concluiu nova adutora do bairro Santana em São Pedro

Publicado em Por Diagramador

Antes adutora passava por dentro de propriedade particular

 

 

Nesta terça-feira, a Prefeitura de São Pedro e o SAAESP (Serviço Autônomo de Água e Esgoto de São Pedro) concluíram as obras da nova adutora do bairro do Santana, que já está operando a captação de água do local.

A antiga rede foi construída em 1941, pelo então Prefeito João Possato.

A outra adutora, que faz captação de água bruta do Ribeirão Pinheirinho e leva até a ETA 1 (Estação de Tratamento de Água), tem cerca de 860 metros de extensão.

“Nossa preocupação com a nova adutora é evitar o constante rompimento que ocorre na rede atual que existe desde 1941, e que abastece praticamente 70% da cidade passando ainda por dentro de uma propriedade particular. Com este novo projeto iremos melhorar o caminho da água bruta evitando que a população fique sem água quando tiver a necessidade de qualquer manutenção”, destacou o prefeito Helinho Zanatta a época do inicio das obras..

O recurso de R$ 2.328.247,70 é do DADE (Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias), que também inclui a reforma do prédio de captação de água bruta do Pinheirinho com instalação de motor bomba e 720 metros de extensão da adutora de água tratada de 200 mm que liga a estação elevatória do Vila Rica ao novo reservatório, em construção, no bairro Nova Estância.

A empresa que ganhou a licitação e está realizando os trabalhos é a Sanit Engenharia.

“Tínhamos gastos e muita dificuldade para fazer a manutenção, até pela falta de peças de reposição em amianto, além do problema da mesma estar em propriedade particular, causando transtorno para proprietários e população que ficava muito tempo sem água, pois, quando surgia algum problema necessitávamos de ordem judicial para realizar a manutenção”, explicou o presidente da autarquia, Sérgio Patrício que acrescentou ainda que a conclusão dessa primeira etapa que contempla a construção da casa de bombas, instalação de novos motores para bombeamento a própria adutora que vai poder captar mais de 11 litros de água por segundo, em relação a antiga e os decantadores de areia, não teremos mais problema de rompimento o vai gerar uma economia muito significativa para o município”, finalizou.

“Dentro de aproximadamente 30 dias estaremos também concluindo a segunda etapa no Vila Rica, com a nova casa de bombas, nova adutora com extensão de aproximadamente 700 metros, implantação do novo reservatório com capacidade de armazenar 2 milhões de litros de águas e nova rede de distribuição o que deve resolver o problema no abastecimento no município, caso não falte água na captação devido ausência de chuvas”, ressaltou Patrício.

“Isso só foi possível graças ao planejamento e empenho do Prefeito Helinho, que acompanhou de perto o projeto e execução dessa importante obra na área de saneamento de nossa cidade. Além disso, temos diversas outras ações fruto de parceria entre o SAAESP e a Prefeitura de São Pedro visando oferecer melhores serviços a população”, completou o presidente.

Deixe um comentário abaixo