Santa Casa de Piracicaba anuncia suspensão de cirurgias eletivas

Publicado em Por Jose Guilherme Cortenove
Santa Casa de Piracicaba anuncia suspensão de cirurgias eletivas

Santa Casa de Piracicaba anuncia suspensão de cirurgias eletivas – Foto: Divulgação

As cirurgias eletivas realizadas na Santa Casa de Piracicaba através do Sistema Único de Saúde foram suspensas a partir dessa sexta-feira (29) uma vez que não houve um acordo com a administração municipal. A Prefeitura de Piracicaba tem uma dívida de R$ 16 milhões e trezentos mil reais com a Santa Casa e com o Hospital dos Fornecedores de Cana, que cresce rapidamente. Segundo João Orlando Pavão Provedor da Santa Casa, a administração municipal aprestou uma proposta para fazer o pagamento em 3 parcelas anuais, sendo que a primeira seria paga somente em 2018, no entanto não resolveria o problema uma vez que as reservas do Hospital acabaram.

Pedro Mello, Secretário de Saúde de Piracicaba disse que o prefeito Barjas Nedri está aberto à negociação e faz um apelo para que não haja esse cancelamento das cirurgias eletivas e acrescentou que o município esta preparado para realizar as transferências das cirurgias para outras unidades de saúde. Pedro Mello explica que essa dívida se intensificou em 2015 e 2016, período em que a crise econômica se intensificou e as pessoas perderam o poder aquisitivo para continuar pagando planos de saúde, migrando para o SUS. A prefeitura de Piracicaba informou que o governo anterior deixou uma dívida de R$ 20,8 milhões com a Santa Casa e HFC e que nesse ano pagou R$ 5 milhões desse valor, afirmando ainda que que está repassando em dia os pagamentos referentes a 2017, valor que soma R$ 117,5 milhões nesse período.

João Orlando Pavão, afirmou que a suspensão das eletivas é a única forma de diminuir  gastos sem deixar de atender os casos de urgência e emergência.

Deixe um comentário abaixo