São Pedro salta do 146º para o 45º lugar em crescimento no Estado

Publicado em Por Diagramador

Informação é do índice Firjan de Gestão Fiscal

Foi divulgado no mês passado pela Federação das Indústrias do Rio de Janeiro, o Índice Firjan de Gestão Fiscal (IFGF), referente ao ano base 2013.

O IFGF traz o debate sobre um tema de grande importância para o País: a forma como os tributos, pagos pela sociedade são administrados pelas prefeituras.

O índice é construído a partir dos resultados fiscais das próprias Prefeituras – informações de declaração obrigatória e disponibilizadas anualmente pela Secretaria do Tesouro Nacional. Foram avaliados 5.243 municípios (dos 5.570 existentes no país), correspondente a 96,5% da população brasileira.

Composto por cinco indicadores – Receita Própria, Gastos com Pessoal, Investimentos, Liquidez e Custo da Dívida, o IFGF tem uma metodologia que permite tanto comparação relativa quanto absoluta, isto é, o índice não se restringe a uma fotografia anual, podendo ser comparado ao longo dos anos.

O IFGF tem uma leitura dos resultados bastante simples: a pontuação varia entre 0 e 1, sendo que, quanto mais próximo de 1, melhor a gestão fiscal do município no ano em observação.

No Estado de São Paulo a avaliação abrangeu 629 municípios (dos 654 existentes).

Em comparação com último ano de gestão anterior, a estância turística de São Pedro saltou do 146º lugar no Estado para o 45º no Índice Firjan de Gestão Fiscal, posição que passou a ocupar em 2013 de acordo com o site da Firjan.

Em 2012, ultimo ano da gestão do ex-prefeito Du Modesto (PSDB), São Pedro ficou no 680º lugar nacionalmente e no 146º lugar no estado, com 0,6656 pontos.

Em 2013, primeiro ano da gestão do atual prefeito Helinho Zanatta (PPS) a cidade de São Pedro superou Sorocaba, Atibaia, Jundiaí, Guarulhos e outras grandes cidades e a nível nacional a estância turística passou para o 232º lugar.

Deixe um comentário abaixo