Sebrae promove oficina sobre fluxo de caixa em parceria com a Prefeitura de Rio das Pedras

Publicado em Por Jose Guilherme Cortenove

Em parceria com a Prefeitura de Rio das Pedras, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio, o Sebrae promoveu uma oficina sobre fluxo de caixa para empreendedores de Rio das Pedras. A palestra foi ministrada por Jacqueline de Oliveira, gestora do Programa ALI (Agentes Locais de Inovação) do Escritório Regional de Piracicaba.

28 empreendedores rio-pedrenses participaram da oficina, que ocorreu no auditório da Secretaria de Educação e teve como objetivo capacitar empresários sobre o tema. O propósito da capacitação foi para que o microempresario compreenda que o fluxo de caixa é uma das ferramentas da gestão financeira que auxilia no controle da movimentação financeira de suas atividades, bem como na tomada de decisões ao permitir monitorar, analisar e projetar resultados.

“Nosso objetivo é estimular o desenvolvimento da capacidade do empreendedor em compreender o fluxo de caixa como uma ferramenta de apoio a gestão das empresas e fazê-lo refletir sobre a possibilidade de usar o fluxo de caixa para auxiliar na tomada de decisão. Assim, o empresário poderá elaborar um fluxo de caixa para que possa ser usado de base no controle e gestão das empresas”, explicou Jacqueline de Oliveira.

Sebrae promove oficina sobre fluxo de caixa em parceria com a Prefeitura de Rio das Pedras

Sebrae promove oficina sobre fluxo de caixa em parceria com a Prefeitura de Rio das Pedras – Foto: Divulgação

Em Rio das Pedras o Sebrae atende 56 empresas. O acompanhamento é feito pelas agentes Vivian Lourenço e Vanessa Corrêa.

Programa ALI – O programa Agentes Locais de Inovação (ALI) é uma iniciativa do Sebrae Nacional em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), que tem por objetivo atender empresas de micro e pequeno porte (faturamento até R$ 3,6 milhões / ano) identificando, através de diagnósticos, oportunidades de as empresas inovarem e aprimorarem sua gestão através de soluções do Sebrae ou outra.

Desde 2008, há ciclos do ALI rodando em todo país. Em Piracicaba, o segundo ciclo se iniciou em junho de 2015 e já está na reta final dos 30 meses que totalizam o tempo de acompanhamento a essas empresas. São sete municípios atendidos dos 17 que estão contemplados na nossa regional.

Deixe um comentário abaixo