Sérgio Fortuoso retorna à Acipi

Publicado em Por Diagramador

Superintendente estará à frente da equipe executiva e de todos os projetos e atividades da entidade

Na segunda-feira, 11 de janeiro, Sérgio Fortuoso, voltou a dirigir a Acipi (Associação Comercial e Industrial de Piracicaba), no cargo de superintendente, após três anos como Secretário Municipal de Trabalho e Renda, na Semtre (Secretária Municipal de Trabalho e Renda).

Mesmo durante o período que assumiu a titularidade pública, Fortuoso não se desligou da Acipi. Antes de chefiar a pasta da Prefeitura Municipal, Fortuoso trabalhou na associação por 18 anos –  11 deles no posto de gerente.

Após o período na gestão pública, Fortuoso retorna à associação com ainda mais experiência: “Depois de três anos, atendendo o honroso convite para trabalhar na gestão pública municipal feito pelo prefeito Gabriel Ferrato, junto à equipe de governo e servidores públicos, além de grandes parceiros, como entidades de classe, patronais e de educação, retomo minhas atividades na Acipi. Pude adquirir mais experiência, já que atuei junto à população e instituições, como a Câmara de Vereadores de Piracicaba. Sinto-me muito honrado em voltar, convidado pelo presidente, Paulo Roberto Checoli”, diz Fortuoso.

“A entidade não é a mesma. Mudanças e muitos avanços aconteceram por aqui. O momento político-econômico também é outro, o que tem exigido muito da entidade. Retorno com um indispensável time de diretores e conselheiros voluntários, que trazem e aplicam suas experiências às atividades da Acipi. Não posso deixar de citar a equipe de funcionários, que está ao meu lado na execução de todos os projetos”, completa o superintendente.

O presidente da Acipi, Paulo Roberto Checoli, explica porque convidou Sergio Fortuoso para retornar à entidade: “Por ser uma pessoa íntegra, de caráter ilibado, honesta, que veste a camisa de onde está atuando, trouxemos o Sérgio de volta. Um grande exemplo dessas características é o que ele conseguiu fazer nos três anos em que esteve na Secretaria Municipal de Trabalho e Renda. Além disso, a capacidade de gestão, tanto da entidade quanto dos colaboradores e que é inerente ao Sérgio, faz com seja preciso ter mais pessoas como ele na entidade. Isso é ainda mais necessário em um momento em que a Acipi está em pleno crescimento com, por exemplo, a vinda do Escritório Regional da Jucesp e a parceria para cursos de capacitação entre a associação e a prefeitura municipal”, afirma.

Checoli enfatiza: “Ele tem a cara da entidade e é uma pessoa que sabe fazer com que todos se unam em torno de um ideal, de uma proposta, transformando nossa equipe de colaboradores em um time vencedor. É assim que gosto de trabalhar! E agora, com a experiência adquirida na vida pública, ele vai agregar ainda mais à Acipi. O Sérgio estará à frente de todos os projetos e assuntos relacionados à Acipi, como pressupõe o cargo de superintendente, criado especialmente para o retorno dele. Portanto, cabe a ele a responsabilidade sob todos os departamentos da entidade, indiscriminadamente. Ele é o elo entre a diretoria e nossos associados”.

O processo de transição da Prefeitura para a Acipi foi detalhadamente pensado e realizado com cautela para que nenhum projeto em andamento fosse afetado. “Essa foi uma transição muito harmônica, sobre a qual reforço meu agradecimento ao prefeito Gabriel Ferrato pela oportunidade de  ter trabalhado com ele e por atuar no serviço público. Esse foi um aprendizado único. Agradeço, também, ao presidente Paulo Roberto Checoli por me conceder o retorno à Acipi, após três anos no poder público. Tenho certeza de que vamos atender às demandas dos associados e da comunidade, afinal, a Acipi tem como princípio o coletivo. Atendemos não só às empresas dos setores do comércio, indústria e prestação de serviços, mas procuramos nos alinhar com as necessidades da população, pensando e construindo um cenário que favoreça o desenvolvimento socioeconômico de Piracicaba, com geração de emprego e renda. Esses são alguns dos fatores que estimularam a minha retomada das atividades na associação”, conclui Fortuoso.

Deixe um comentário abaixo