Torrinhenses visitam fazenda modelo de cultura silvipastoril em Brotas

Publicado em Por Jose Guilherme Cortenove

O diretor do departamento de Agricultura & Meio Ambiente de Torrinha, Marcio Batista Câmara, acompanhado do vice-prefeito, Gil Botteon e a assessora Bárbara Castelano visitaram na última semana em Brotas, a fazenda Nelson Guerreiro, em Brotas, onde conheceram os métodos da cultura silvipastoril. Vários membros de ONGs associações e entidades estiveram presentes para conhecer sobre a estrutura.

Na fazenda, as práticas agrícolas se baseiam no desenvolvimento sustentável, ecológico, respeitando boas maneiras sociais e ambientais a modo de que o máximo possível da área seja aproveitada em diversos tipos e espécies . No local também são feitas pesquisas, extensão, visitas técnicas, levantamento de dados para realização de materiais didáticos e produção de produtos agropecuários.

Dentro desses princípios e práticas sustentáveis, no ano de 2014 o Sítio Nelson Guerreiro foi contemplada em Primeiro lugar no Premio Estadual do SEBRAE “Mulheres de Negócios – Categoria Produtora Rural”. Em 2015, participou de uma avaliação Socioambiental em um programa da EMBRAPA ( Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária) Meio Ambiente ficando entre as 9 primeiras colocadas( em 5º lugar) em 180 propriedades avaliadas no Brasil inteiro.

“É uma experiência muito enriquecedora esta visita para aprendermos e futuramente aplicarmos novas tendências da agricultura. Os dias atuais exigem muito dinamismo dos agricultores, até para conseguir uma harmonia plena com o meio ambiente”, comentou o diretor Marcio Câmara.

Os visitantes de várias cidades conheceram técnicas e conceitos que fazem da fazendo uma propriedade modelo. Fundada na década de 70, o local é uma herança familiar.  Assim que assumiu os negócios, os descendentes de Nelson Guerreiro viram que era preciso inovar para sobreviver aos altos e baixos da agricultura convencional e passaram a desenvolver estudos e novas práticas.

 

Deixe um comentário abaixo