Valter Ferreira faz balanço de seu mandato no Legislativo Aguapedrense

Publicado em Por Hosana Cortenove

Valter Ferreira, conhecido como Valter da Jaws (PPS), esta em seu primeiro mandato, já fez, faz e promete fazer muito mais por Águas de São Pedro, sinalizando como positivos os primeiros seis meses de atuação na Câmara Municipal, creditando seu sucesso à vivência de mais de 30 anos na cidade, aliados à experiência adquirida como empresário. Conheça um pouco mais da sua trajetória na vida pública e das conquistas nos seis meses de 2017. Muito antes de ser eleito se preparava para desempenhar um trabalho pautado pela transparência e responsabilidade, visando antes de tudo os anseios dos munícipes da estância hidromineral.

Principais funções do vereador:

“Como vereador, nos cabe fiscalizar a atuação do Prefeito e os gastos. Devemos zelar pelo bom desempenho do Executivo e exigir a prestação de contas das despesas públicas. Nesse sentido, podemos redigir projetos de lei, desde que não onerem o Executivo”, explica.

Nesses primeiros seis meses o vereador apresentou um total de 40 indicações e 12 requerimentos, com justificativas que primam pela constitucionalidade, de modo que passem sem entraves jurídicos. “Em vez de quantidade optamos por qualidade, pois escolhemos trabalhar por fases, de modo consistente e seguro. Esses primeiros 180 dias foram decisivos para avaliarmos as necessidades mais urgentes do município. Desse modo, no segundo semestre será possível vencer as dificuldades mais rapidamente, pois dependemos do Executivo e sua equipe para implementar mudanças, uma vez que não temos poder para realizar as ações, pois como o nome diz: executivo, portanto cabe ao prefeito realizar e a nós pedir e sugerir”, acrescenta o parlamentar.

O vereado ressalta que a população deve ser mais bem informada, que as indicações nem sempre são ou podem ser resolvidas de imediato, pois muitas vezes estão subordinadas não apenas às secretarias municipais, mas a instâncias superiores. “Indicamos o que nos é encaminhado pela população ou que entendemos que possa contribuir para melhoras a vida das pessoas e as ações do próprio executivo, mas fica a critério do Prefeito decidir, se pode e a forma como será feito. “Nosso diferencial, no entanto, é procurar agilizar,  evitando a burocracia, muitas vezes arregaçando as mangas e tentando resolver in loco as questões e problemas do dia-a-dia na cidade junto aos secretários, conta o vereador

Valter Ferreira faz balanço de seu mandato no Legislativo Aguapedrense. – Foto: Arquivo Jornal.

Marco importante na história legislativa do município, lembra o parlamentar, passou a ser a maior fiscalização no trâmite e na divulgação das respostas fornecidas pelo Executivo aos requerimentos e indicações dos vereadores. “Nossa Câmara precisa demonstrar mais agilidade no acesso à informação, seja por meio eletrônico ou físico e apresentei a solicitação ao presidente da mesa para que viabilize tais informações que em última instância representa o direito do cidadão” afirma acrescentando que: “Comunicação deve ser ponte, não obstáculo”, falou.

Apesar de eventuais discordâncias em alguns temas polêmicos surgidos no período, de modo geral elogia o comprometimento e a disposição de seus colegas em trabalhar pela cidade e pela população aguapedrense nessa nova legislatura. Não hesita em creditar ao empenho de seus pares algumas conquistas, como por exemplo, a aprovação unânime de todos os projetos apresentados pelo Prefeito, sem exceção, “uma vitória conjunta, independentemente de filiação partidária e/ou ideologias”, disse.

Quanto ao relacionamento com os demais vereadores e o Executivo, Ferreira já é reconhecido como um raro exemplo de disposição para o debate, por sua postura combativa, seu estilo de legislar e, em especial, sua interação com os munícipes.

“Temos expressado nossas opiniões com a máxima clareza, em nossos discursos e documentos, e no contato com a população. Não tenho diferença pessoal com nenhum colega, respeito todas as opiniões, pois valorizo e defendo sempre o direito à liberdade de expressão. No entanto faço questão de deixar isso explícito, às vezes muito se discute sobre temas que não priorizam uma fiscalização favorável aos interesses comuns, portanto é necessário haver melhor senso, consenso, clareza e objetividade nesse sentido”, ressalta.

Traçar metas para realização de projetos que beneficiem os munícipes e que não gerem tanta polêmica e infindáveis discussões jurídicas entre os vereadores. Como a atualização da Lei Orgânica do município e do Regimento Interno da Câmara, que deve ser contemplados a curto, médio e longo prazo para o bom andamento dos trabalhos da Casa, são objetivos do parlamentar, que também reconhece e agradece o empenho, profissionalismo e disponibilidade de todos os secretários municipais que atuam como braço direito do Prefeito Paulo Cesar Barbosa de Lima.

Perspectivas e expectativas para o segundo semestre:

Tomando como base e ponto de partida as atuais necessidades do município de Águas de São Pedro em termos de gestão pública, Valter Ferreira julga prioritários os serviços de limpeza, fiscalização e segurança. “Quanto às obras em curso, muitas delas infelizmente não primam pela qualidade dos materiais utilizados, por isso acreditamos que novas obras devem ser repensadas para que haja acompanhamento da manutenção necessária, nesse sentido”, comentou.

Em relação ao turismo, setor que representa uma das principais vocações da estância, o parlamentar aposta no sucesso da reativação do Comtur (Conselho Municipal de Turismo), que retomou suas atividades em 2016, após seis anos inativo.  “O Conselho propicia um planejamento participativo, consolidando parcerias entre os setores público e privado, criando políticas de desenvolvimento para a cidade. Nosso destino está em nossas mãos, munícipes e parlamentares. Portanto, a parceria entre os poderes públicos e a sociedade civil organizada é o caminho para o desenvolvimento sustentável para Águas de São Pedro. Está na hora de grupos colocarem de lado interesses setoriais, outros muitas vezes pessoais e efetivamente se comprometerem com o bem comum”, avalia.

Além do Comtur, outros Conselhos Municipais também atuam ativamente em Águas de São Pedro. Valter Ferreira sempre encoraja os moradores a participarem e procurarem os representantes dessas entidades, como modo de se apropriar de seus direitos por meio da participação direta, e assim ampliar a democracia numa gestão mais eficiente.

No caso de Águas de São Pedro, os cidadãos contam com os Conselhos Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), da Assistência Social (CMAS), de Defesa do Meio Ambiente (Condema), de Acompanhamento e Controle Social do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB), do Fundo Social de Solidariedade, Conselho Gestor do Telecentro Comunitário, de Alimentação Escolar, Conselho Tutelar, de Saneamento Básico, de Educação, do Idoso e de Saúde. A composição desses órgãos é de representantes do governo e da sociedade civil e sua importância reside no seu papel de fortalecimento da participação democrática da população na formulação e implementação de políticas públicas.

No que diz respeito à comunicação com os munícipes e ao retorno obtido, o vereador diz ser um processo pleno e constante. “Estou sempre disponível a quem me procura, seja pessoalmente, por telefone, e-mail ou redes sociais, onde há espaço para todos se manifestarem, até mesmo críticas e opiniões contrárias, desde que respeitosas, são bem vindas, pois nos ajuda a ver e avalizar nossos acertos e também nossos erros. Procuro otimizar essas ferramentas do universo digital, inclusive de forma didática, de modo que as pessoas entendam as funções e atribuições do vereador. Converso com as pessoas nas ruas, anoto suas sugestões reivindicações, encaminhando prontamente esses pedidos e alimentamos nossa fanpage com informações diárias, para que todos fiquem cientes de nossas ações, deixando claras as justificativas das votações em sessões ordinárias e extraordinárias que acontecem na Câmara. Tudo muito dinâmico e interativo”, finalizou o parlamentar.

Deixe um comentário abaixo