Vereador João Margarido apresenta PL que cria a Semana de Prevenção e Combate ao Tabagismo em Ipeúna

Publicado em Por Jose Guilherme Cortenove

O vereador João Vitor Margarido apresentou na Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Ipeúna, nesta quarta-feira (22), o Projeto de Lei que institui a “Semana de Prevenção e Combate ao Tabagismo”, que deverá integrar o calendário da cidade, sendo que a mesma deverá ser a última semana do mês de maio de cada ano, culminando no dia 31/05, quando é comemorado “Dia Mundial Sem Tabaco”.

A medida tem como objetivo prevenir os problemas de saúde relacionados ao tabaco e ao fumo passivo, que também expõe a riscos os não-fumantes que inalam a fumaça dos cigarros alheios. No Brasil ocorrem 200 mil mortes por ano em decorrência do uso do tabaco e no mundo, são 5 milhões de óbitos anualmente. Segundo estudos, estima-se que em 2025 serão 10 milhões de mortes por ano causadas pelo uso tabaco.

Vereador João Margarido apresenta PL que cria a Semana de Prevenção e Combate ao Tabagismo em Ipeúna

Vereador João Margarido apresenta PL que cria a Semana de Prevenção e Combate ao Tabagismo em Ipeúna – Foto: José Marino

O vereador João Margarido justifica que, “é sabido que o ato de fumar além de ser uma dependência é também um comportamento adquirido, que podemos simplificar chamando de “força do hábito”.

O PL do vereador Margarido, ainda prevê que anualmente, na Semana de Prevenção e Combate ao Tabagismo, o poder público municipal, poderá promover campanha visando informar, esclarecer e conscientizar crianças, adolescentes, jovens e população em geral sobre os maléficos efeitos causados pelo tabagismo, no corpo humano.

Além disso, a campanha envolverá entidades representativas da sociedade civil organizada devendo ser desenvolvida nas escolas da rede pública e particular do Município, e, em outros espaços públicos, mediante a realização de encontros, palestras, simpósios e distribuição de material informativo e orientativo, priorizando o tratamento e sua prevenção.

O vereador ainda solicitou que o Poder Executivo, por meio de seus órgãos competentes, promova programas e atividades como palestras, cursos, “shows” e atividades médicas, tudo visando a prevenção e o combate ao tabagismo.

“Precisamos conscientizar nossa população dos males causados pelo tabaco, é preciso que as pessoas entendam que grande parte do dinheiro investido na área da saúde, cerca de 30%, são gastos com fumantes que em sua maioria aprestam doenças como enfisema pulmonar, câncer entre outras tantas, assim sendo também podemos dizer que o tabaco pode ser considerado um câncer para a sociedade”, falou o parlamentar de Ipeúna.

Deixe um comentário abaixo