Vereador Marconato voltou ao DER para pedir duplicação da Valério

Publicado em Por Jose Guilherme Cortenove

Recentemente, o vereador de Rio das Pedras, Edison Marconato (PSDB) voltou a reivindicar a duplicação da Rodovia Valério Pedro da Silveira Martins (SP 045/127, principal ligação entre Rio das Pedras e Piracicaba, via Usina Santa Helena).

O parlamentar se reuniu, em São Paulo, com o superintendente do DER (Departamento de Estadas de Rodagens), Armando Costa Ferreira, para falar sobre a situação da rodovia e entregar em mãos um ofício pedindo a realização da obra.

Ferreira mostrou-se disposto a atender ao pedido do vereador. Disse, porém, que a queda de arrecadação provocada pela crise econômica praticamente derrubou a zero a dotação orçamentária do DER para novos investimentos.

Segundo ele, a possibilidade no momento é estudar colocação da rodovia entre as prioridades para receber investimentos assim que a situação econômica do Estado melhore.

Ferreira transmitiu a Marconato  também alternativas para que as obras na rodovia Valério Pedro da Silveira Martins sejam realizadas.

O vereador pretende empenhar-se para viabilizar algumas dessas possibilidades.

HISTÓRICO – Este primeiro mandato do vereador Marconato tem sido marcado por um histórico de reivindicações às autoridades do Estado por melhorias na rodovia Valério Pedro da Silveira Martins.

Marconato já entregou em mãos ofício requisitando a obra para o governador Geraldo Alckmin, quando ele visitou Rio das Pedras no primeiro semestre do ano passado. Também já se reuniu com o diretor de investimentos da Artesp (Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte do Estado de São Paulo), Theodoro de Almeida Pupo Júnior, para tratar do assunto.

Em novembro do ano passado, Marconato visitou a Diretoria Regional do DER (Departamento Estadual de Estradas de Rodagem) para cobrar a realização da obra. Foi recebido por Danilo Dezan, diretor regional do órgão, para quem entregou um ofício.

O vereador conta com o apoio do deputado estadual Rodrigo Moraes (DEM) nesta causa.

O deputado ajudou a “abrir as portas” tanto da Artesp quanto no DER para que o vereador pudesse reivindicar a obra para Rio das Pedras.

Nesta última visita, o diretor regional do DER afirmou ter conhecimento da situação da rodovia rio-pedrense e considera que uma obra de melhoramento na Valério “tecnicamente se justifica”.

Ou, seja, segundo ele, os estudos realizados mostram que a intervenção é necessária.

“Os estudos (sobre o volume de tráfego) mostram que a terceira-faixa é viável. Inclusive acredito até que se justificaria a duplicação da via”, afirmou Dezan.

A Rodovia Valério tem aproximadamente seis quilômetros de extensão. Numa estimativa inicial, a obra de duplicação teria custo de R$ 12 milhões aproximadamente, podendo chegar a R$ 15 milhões com as chamadas “obras de arte” (termo usado pela engenharia viária para definir pontes, túneis, viadutos e assemelhados).

Deixe um comentário abaixo