Vereadores cobram termino da obra da Rampa de Voo Livre de São Pedro

Publicado em Por Jose Guilherme Cortenove

Nesta terça-feira, dia 09, os vereadores, Adilson de Jesus, conhecido como Branco (PROS), Carlos Eduardo Oliveira, conhecido como Du Sorocaba (PSB) e Roberson Pedrosa de Oliveira, conhecido como Robinho (PSL), respectivamente, primeiro secretário, vice-presidente e segundo secretário da Câmara Municipal, visitaram a obra na rampa de voo livre localizada na serra de São Pedro, que está parada desde o final do ano passado.

Os vereadores buscaram informações que justificassem essa situação junto ao Prefeito Helinho Zanatta (PSD) e visitaram a obra para analisar a situação atual.

Segundo as informações obtidas pelos vereadores, a Companhia Paulista de Obras e Serviços (CPOS) é a responsável por realizar as fiscalizações e medições das obras públicas no Estado.

Toda obra é realizada em etapas, sendo que em cada uma delas é necessário um laudo do engenheiro responsável comprovando que a etapa atual esteja finalizada para que assim possam liberar os recursos para a próxima e assim por diante.

Vereadores cobram termino da obra da Rampa de Voo Livre - Cristiano Oliveira

Vereadores cobram termino da obra da Rampa de Voo Livre – Cristiano Oliveira – Foto: Cristiano Oliveira

O que parou a obra foi o fato de que a CPOS estava desde o final do ano passado sem um engenheiro para realizar a fiscalização. Por este motivo o Prefeito Helinho Zanatta já esteve em São Paulo várias vezes cobrando essa fiscalização para que a obra possa ser concluída.

Na oportunidade o prefeito informou ainda na sexta-feira da semana passada, dia 05, um novo engenheiro da Companhia Paulista de Obras e Serviços (CPOS) esteve no local fazendo a medição e emitindo a autorização para que a obra seja retomada.

Os parlamentares destacam a importância da obra para o turismo local.

“É de grande importância que esta obra seja finalizada o mais rápido possível, pois é um local muito visitado por nossos munícipes e por inúmeros turistas. Buscamos informações para que assim a população tenha conhecimento da situação e saibam que o que acontece, a obra não é realizada com recursos do munícipio e sim através de convenio dai a demora para a retomada”, explicaram os vereadores.

Deixe um comentário abaixo