Vereadores de Charqueada aprovaram Moção de Repudio ao DER

Publicado em Por Hosana Cortenove

O péssimo estado de conservação do trecho entre Charqueada e São Pedro motivou a Moção

 

O péssimo estado de conservação da pavimentação da Rodovia SP-191, no trecho que liga Charqueada a São Pedro, foi alvo de uma Moção de Repúdio, aprovada pela Câmara Municipal de Charqueada, que será encaminhada a Divisão Regional 13 do DER (Departamento de Estradas de Rodagem) de Rio Claro, responsável pelo referido trecho.

A Moção nº 01/2016 foi proposta por 10 vereadores da cidade, destacando “a precariedade e situação lastimável em que se encontra a pista da Rodovia Carlos Mauro – SP/191, que liga o Município de Charqueada ao de São Pedro”.

Os vereadores destacam os riscos constantes de acidentes e a importância da rodovia.

“Tendo em vista que as chuvas que ocorreram neste final do ano de 2015, bem como por quase todo o mês de janeiro de 2016, aumentaram em muito a quantidade e a profundidade dos buracos na Rodovia recebe diariamente um elevado número de veículos desses muitos são munícipes das cidades de Charqueada e de São Pedro que por conta de trabalho numa ou noutra cidade utilizam o trecho da rodovia.

Se faz necessárias providências urgentes do DER, uma vez que diversos acidentes já foram registrados e o perigo é constante, além dos veículos de passeio temos um agravante  pois diariamente inúmeros caminhões também circulam pela rodovia, inclusive invadindo a pista contrária para desviar dos buracos”, destacaram os vereadores charqueadenses.

De acordo com os parlamentares nos últimos anos o que houve foi somente melhorias esporádicas, através de operações tapa-buracos que não resolvem em definitivo o problema da pista, que tem um grande trânsito de caminhões pesados, necessitando assim a mesma de ações mais efetivas e urgentes.

“É inconcebível que pais de famílias arrisquem diariamente suas vidas nessa rodovia que está em péssimas condições, gostariamos que a cúpula do DER ou da Secretaria de Transportes saíssem de seus confortáveis escritórios e viessem ver a nossa realidade, dai quem sabem tomariam uma atitude e respeitariam a vida de quem usa essa rodovia”, justificaram os parlamentares que assinaram o documento.

Deixe um comentário abaixo