Vice-prefeito de Torrinha comemora 31 anos do PV e destaca: “Limpo e sem denúncias de corrupção”

Publicado em Por Hosana Cortenove

Ao completar 31 anos no dia 17 de janeiro, o PV (Partido Verde), é um dos poucos partidos brasileiros – entre os que possuem representação – que podem dizer que não estão envolvidos em denúncias de corrupção, principalmente no atual cenário de crise política e moral. O fato é enaltecido pelo presidente da legenda em Torrinha, o vice-prefeito Juverci Corrêa.

Corrêa que está filiado ao partido desde 1999 e já concorreu duas vezes a prefeito – em 2004 ficou em segundo lugar, atrás de Ivanildo Ferreira (à época no PL) e em 2008, quando ficou em terceiro lugar, atrás dos hoje ex-prefeitos Thiago Rochiti e Gil Boteon – destacou que esse é um dos melhores momentos para o PV  a nível nacional, estadual e local, já que no ano passado o partido elegeu uma “chapa pura” para governar Torrinha.

“Hoje é algo difícil de acontecer, conseguir a eleição do prefeito e do vice de um mesmo partido, o que foi possível devido a compreensão dos partidos aliados, na busca do melhor para Torrinha. Hoje o Partido Verde tem a oportunidade de mostrar seu trabalho em nossa cidade, após anos de luta e construção”, falou o vice-prefeito e presidente da legenda.

O presidente do partido em Torrinha faz questão ainda de destacar que nacionalmente o PV é um partido “limpo” e que prima pela ética na política, não estando envolvido em denúncias de corrupção.

“Nacionalmente não podemos deixar de ressaltar que o PV não está em listas que envolvem partidos acusados de corrupção. Somos um partido ideológico e que procura se preservar, primando pela ética na política e por mostrar novos caminhos para o País. Temos nossas dificuldades internas e as lutas políticas, mais temos muito que nos orgulhar destes 31 anos de existência do PV”, ressaltou Juverci Corrêa.

Deixe um comentário abaixo