Câmeras de monitoramento ajudam a identificar pichador em Águas de São Pedro

Publicado em Por Diagramador

Na quinta-feira da semana passada, dia 19, a Guarda Civil Municipal de Águas de São Pedro reconheceu por volta das 19h30, o suspeito de pichar uma das paredes do Spa Thermal.

“Câmeras de monitoramento ajudam a identificar pichador em Águas de São Pedro” – Foto: Divulgação

L. B. S., 19 anos, confessou ter cometido o delito contra o patrimônio público, e foi encaminhado à delegacia de São Pedro. Ainda em fase testes, as câmeras de monitoramento registraram o acontecimento e contribuíram para a identificação do elemento.

Após verificar o delito cometido no Spa Thermal, e utilizando-se do recurso das gravações feitas pelas câmeras de monitoramento, a equipe da inspetora GCMF (Guarda Civil Municipal Feminina) Marina, deslocou-se em patrulhamento pela av. Carlos Mauro. Próximo a Delegacia da Polícia Civil foi encontrado o elemento presente na filmagem. Ele foi conduzido para a sede da GCM, onde o comandante Evandro Lopes o interrogou sobre a pichação. “Nós verificamos nas gravações um indivíduo com as mesmas roupas que ele cometendo o delito. Por fim, ele assumiu a autoria e foi encaminhado à Delegacia de São Pedro”, destacou a GCM.

No local, foi feito o BO (Boletim de Ocorrência) número 1822/2017 em que o jovem deverá responder por crime ambiental. Conforme explicou o comandante, com a utilização do equipamento foi fácil a identificação do suspeito.

A Equipe do plantão estava composta da inspetora Marina, da GCMF Rosana, do GCM César, e do GP Alex.

As câmeras de segurança de Águas de São Pedro estão passando por um processo de reestruturação, após problemas com o sistema operacional e técnico.

“Elas estão voltando a funcionar, mas ainda há questões para serem ajustadas para conseguirmos desenvolver nosso trabalho”, afirmou o GCM Lopes, comandante da corporação.

De acordo com o secretário de Segurança e Meio Ambiente, Valdir Gibim, uma empresa foi contratada para resolver essas pendências.

“Temos ao todo 16 câmeras de monitoramento. Onde uma parte, em fase de teste, já está funcionando. Esperamos que em breve todas estejam assim. Além da parte operacional das câmeras, dependemos da licença do software para o gerenciamento, que já está sendo providenciado”, ressaltou o secretário.

Gibim destaca que também está sendo feita a reestruturação da fibra ótica, possibilitando aumentar a quantidade de câmeras, entre outros itens que contribuirão para a segurança de Águas de São Pedro.

Sobre o evento ocorrido, o secretário fez uma alerta.

“Que isso sirva de lição para os pichadores e todos aqueles que queiram cometer algum delito em nossa cidade”, alerta o titular da pasta.

 

Deixe um comentário abaixo