Comércio de rua de Piracicaba tem horário especial no Carnaval

Publicado em Por Jose Guilherme Cortenove

 

Comércio de rua de Piracicaba tem horário especial no Carnaval

Comércio de rua de Piracicaba tem horário especial no Carnaval – Foto: Divulgação

Apesar de o Carnaval não ser feriado, as lojas do centro e corredores comerciais têm horários diferenciados na data. De acordo com a convenção coletiva assinada pelo Sincomércio Piracicaba e Sincomerciários, os funcionários que trabalharam no feriado de 8 de dezembro de 2017 terão a compensação na segunda e terça-feira de Carnaval, dias 12 e 13 de fevereiro. Já as lojas que não abriram em dezembro ou os comerciários que não atuaram na ocasião, estão liberados para trabalhar no Carnaval.

Na Quarta-Feira de Cinzas, 14, o funcionamento é em horário normal, das 9h às 18h.

A abertura é facultativa e cabe a cada lojista definir a melhor opção para o seu negócio. “Normalmente, os comerciantes optam por não trabalhar no Carnaval, pois a maioria prefere abrir em dezembro”, lembra o presidente do Sincomério Piracicaba, Itacir Nozella.

Vendas:

Os dias que antecedem o Carnaval costumam movimentar o comércio da cidade com a venda de fantasias, acessórios e adereços. As lojas já estão cheias de artigos carnavalescos para animar os foliões e o movimento é grande.

Piracicaba tem alguns blocos de rua e programação diária nas imediações da Rua do Porto durante a festa, além dos tradicionais bailes em clubes, o que aumenta a procura por artigos de Carnaval.

Os comerciantes de outros segmentos também aproveitam a data para finalizar as vendas das coleções de verão. “Como o Carnaval é mais cedo, está coincidindo com as promoções de início de ano, o que deve ajudar o lojista nas vendas”, explica Nozella.

Sincomércio Piracicaba:

O Sindicato do Comércio Varejista de Piracicaba e Região é o órgão representativo dos empresários do setor do comércio varejista e de serviços de sete cidades – Piracicaba, Águas de São Pedro, Charqueada, Saltinho, São Pedro, Tietê e Torrinha. Fundado em 1942, possui hoje 8 mil contribuintes e é filiado à Fecomercio, órgão que também está à frente dos conselhos do Sesc e do Senac São Paulo.

Deixe um comentário abaixo