Depois de quatro adiamentos e abandono da obra Governador Inaugurou Duplicação da SP-304

Publicado em Por Jose Guilherme Cortenove
Depois de quatro adiamentos e abandono da obra Governador Inaugurou Duplicação da SP-304

Depois de quatro adiamentos e abandono da obra Governador Inaugurou Duplicação da SP-304 – Foto: José Marino

Após anos de espera e inúmeras paralizações, o Governador do Estado, Geraldo Alckmin (PSDB), acompanhado do secretário estadual de Transportes, Laurence Casagrande Lourenço, deputado estadual Roberto Morais (PPS), deputado estadual Aldo Demarchi, prefeito de São Pedro, Helinho Zanatta; de Águas de São Pedro, Paulinho Barboza; de Santa Maria da Serra, Narciso Bistafa; de Torrinha, Ronaldo Gasparelo; de Charqueada, Romeu Verdi e de Ipeúna, José Antonio de Campos, entre outras autoridades inauguraram oficialmente obras da SP-304 entre Piracicaba e São Pedro.

A obra que teve seu início em 2014, já foi adiada quatro vezes. O primeiro prazo indicava que em um ano todo o trecho de duplicação seria entregue, iniciando em agosto de 2014 com término em agosto de 2015. Em setembro daquele ano, o DER informou que haveria um atraso de 7 meses para a entrega da obra e que a mesma só seria entregue em março de 2016.

Depois disso, o Governador Geraldo Alckmin, que esteve Piracicaba em junho de 2016, quatro meses depois do prazo de entrega vencido, prorrogou a finalização da duplicação da SP 304 dezembro daquele ano. A obra acabou não sendo entregue da data prometida por Alckmin.

O governador Geraldo Alckmin entregou nesta sexta-feira o último lote da duplicação da Rodovia Geraldo de Barros (SP-304), obra que recebeu investimento de R$ 57,6 milhões. A entrega da SP-304 atende a reivindicação antiga da população, que se mobilizou diversas vezes para que a obra fosse executada. “É um grande prazer participar da inauguração desta obra que com certeza vai mudar nossa região”, disse o prefeito Helinho Zanatta, para quem a obra, além do ganho com o potencial turístico, vai garantir mais emprego e renda para o município, já que a mudança logística já despertou o interesse de empresas.

Histórico: O deputado estadual Roberto Morais lembrou toda a trajetória da obra, que ganhou força  no período 2007/2008, com a mobilização regional que resultou em um abaixo-assinado. Licitada em 2012, a obra, relembrou o parlamentar, começou em 2014 e foi abandonada pela então vencedora da licitação em setembro de 2016. A segunda empresa foi chamada e assumiu a obra em abril do ano passado, com a previsão de conclusão em 12 meses. “Essa é uma obra que garante segurança para um importante polo turístico”, disse.

A obra feita pela empresa Conter garantiu execução de serviços de duplicação, reforma da pista já existente, pavimentação nos acostamentos, melhorias da sinalização e no sistema de drenagem, do Km 179 ao 189,08, entre Piracicaba e São Pedro.

Para integrar os bairros localizados em ambos os lados da rodovia, o DER implantou um viaduto para retorno no Km 181,5 e uma rotatória no Km 186,6, além de reformar a rotatória já existente no km 189.

Com a duplicação dos 10,8 quilômetros a capacidade de tráfego da rodovia foi ampliada em 17,3 quilômetros ao todo. Segundo a Secretaria de Logística e Transportes, trafegam em média pela rodovia 12.184 veiculos diariamente.

Deixe um comentário abaixo