Governador garantiu que lutará por aumento de repasse do SUS para Piracicaba

Publicado em Por Diagramador

Nesta terça-feira, (10), durante sua vinda a Piracicaba, o Governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), foi procurado por um grupo de vereadores, que pediram sua intervenção para ajudar na questão da saúde pública, uma vez que a Santa Casa de Piracicaba, por exemplo, já anunciou a suspensão de cirurgias eletivas, devido a uma dívida da prefeitura de cerca de R$ 16 milhões.

Em resposta, o governador paulista destacou que pedirá ao ministro da Saúde, Ricardo Barros, o aumento do repasse do Sistema Único de Saúde (SUS) para Piracicaba. O aumento ajudaria a resolver a pendencia junto a Santa Casa.

O governador destacou que criou em sua gestão o programa Santas Casas Sustentáveis, cujo objetivo é contribuir para o desenvolvimento de um parque hospitalar de referência no Estado de São Paulo, capaz de prestar serviços de saúde de qualidade e resolutivos, de média e de alta complexidade, que atendam às necessidades e demandas da população, em especial aquelas encaminhadas pelo setor de regulação do acesso e integrar as redes de atenção à saúde no estado.

Alckmin Ele ressaltou que entende que a tabela do SUS necessita ser corrigida, uma vez que a demanda aumenta a cada dia e os repasses não acontecem e quando acontecem vem defasados.

“Sou médico e sei que a tabela do SUS precisa ser corrigida, quanto mais pacientes você atende, acaba tendo mais dificuldade, devido ao custo, ou seja, aumenta a despesa ao invés das receitas. Por isso vou conversar ainda hoje (10/10), com o ministro da Saúde, Ricardo Barros, para ao menos elevar o teto, que já está pedido há dois anos, aí trazer mais R$ 9,8 milhões por ano para a Santa Casa e procurar amenizar essas dificuldades”, disse o governador.

Deixe um comentário abaixo