Pedro Kawai conhece projeto do Dom Bosco que atende crianças da região Norte

Publicado em Por Jose Guilherme Cortenove
Pedro Kawai conhece projeto do Dom Bosco que atende crianças da região Norte

Pedro Kawai conhece projeto do Dom Bosco que atende crianças da região Norte – Foto Davi Negri

Na manhã desta quarta-feira, dia 28, o primeiro secretário da Câmara de Vereadores de Piracicaba, Pedro Kawai (PSDB) cumpriu mais uma etapa de sua ronda pelas 12 entidades que tiveram projetos acolhidos pelo Fumdeca (Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente), com o objetivo de financiar programas e projetos que atuem na garantia da promoção, proteção e defesa dos direitos da criança e do adolescente, em recursos oriundos de doações do Imposto de Renda, de pessoas física (6%) e jurídica (6%).

Na ocasião, o parlamentar visitou o Colégio Dom Bosco Oratório São Mário, no bairro Areão, cruzamento das avenidas Pasteur e Santa Rosa, onde foi recebido pela coordenadora pedagógica Roberta Souza, Padre Edmilson Moraes, a Assistente Social, Elma Emanuele Silva Verdicchio e a diretora Pedagógica, Eliana Duran, além de outros funcionários e colaboradores, que mostraram as diversas repartições da Instituição, que atende 305 alunos, com foco às crianças e jovens em vulnerabilidade social, especialmente da região Norte de Piracicaba, envolvendo bairros periféricos como o Bosques do Lenheiro e Mário Dedini, região de Santa Teresinha.

Pedro Kawai foi informado sobre a extensão social do projeto do Colégio Dom Bosco Oratório São Mário “Educando através de valores”, respaldado pelo Fumdeca, que em 2017 envolveu arrecadação de recursos um pouco superior a 400 mil reais, principalmente oriundos de doação do Banco Bradesco, de Campinas, sendo que estes valores foram destinados a pagamento de recursos humanos, aquisição de materiais para o desenvolvimento de oficinas curriculares e adequações de espaços, proporcionando aos atendidos acesso à educação básica de qualidade, em período integral, das 7 às 16 horas, com atividades que visam a formação humana e fortalecimento dos vínculos familiares.

O Orátório São Mário atende 305 crianças, do 1º ao 9º ano, do ensino fundamental, faixa etária dos 6 aos 14 anos, com atividades extracurriculares que despertem a ética e a cidadania, além da preservação do meio ambiente. São 30 alunos por classe, sendo que a lista de espera supera os 200 alunos por classe, onde o histórico social familiar é um dos principais abalizadores para a destinação da vaga.

O vereador Pedro Kawai percorreu diversas salas de aulas, conheceu o laboratório de informática, com mais de 30 computadores à disposição dos alunos. Além de percorrer as quadras polio esportivas, campo de tutebol e outras dependências para atividades lúdicas e socioeducativas, destinadas aos estudantes, que também contam com amplo refeitório no complexo educacional.

Ao interagir com os alunos do 6º ano, durante uma aula de inglês, o vereador Pedro Kawai falou da importância da educação como ferramenta para mudar o país.

“Estudem bastante, pois a educação vai mudar o Brasil”, ressaltou Kawai, que também foi respaldado pelas considerações do Padre Edmilson Moraes sobre a possibilidade dos alunos do Oratório São Mário adquirirem mais conhecimentos ao visitar a Câmara e participar do Programa Conheça o Legislativo.

Na justificativa do projeto “Educando através de valores”, a consideração é que a cidade de Piracicaba está localizada em uma das regiões mais desenvolvidas e industrializadas do Estado de São Paulo, sendo que a região onde se localiza o Colégio Salesiano Dom Bosco-São Mário está situado ao Norte do município, com uma circuvizinhança de bairros periféricos como o Jardim Primavera, Bosques do Lenheiro, Vila Fátima, Algodoal, Jardim Gilda, entre outros.

O Oratório São Mário foi fundado em 08 de dezembro de 1962, com terreno doado aos salesianos pelo empresário Mário Dedini, por estar preocupado com crianças e jovens carentes, iniciando assim suas ações com a finalidade de atender e acolher esta população alvo.

O Oratório é uma instituição filantrópica, integrante da RESAS – “Rede Salesiana de Ação Social”, composta por 20 obras sociais, situadas em 14 cidades do Estado de São Paulo nas regiões: São Paulo – Capital, Vale do Paraíba, região de Campinas e São Carlos. Todas as obras que integram a Rede desenvolvem projetos e programas que visam o protanonismo juvenil, proporcionando uma participação autêntica de crianças e adolescentes, em assuntos que interessam a eles próprios, à comunidade, ao país e ao mundo.

O Oratório São Mário é a única unidade integrante da Rede, que além dos projetos sociais também oferece a educação básica, atualmente oferecendo o ensino fundamental 1 e 2, do 1º ao 9º ano, em período integral.

O atendimento do Oratório é realizado em acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA (Lei nº 8.069 de 13/07/90), com a Lei Orgânica da Assistência Social – LOAS (lei nº 8.742 de 07/12/93) e com o SUAS – Sistema Único de Assistência Social, cujo modelo de gestão é descentralizado e participativo com foco prioritário na família, estabelecendo parcerias com o poder público local, empresas e conselhos municipais.

Os assistidos pelo Oratório São Mário, provêm de famílias com baixa qualificação escolar e profissional, muitos se encontram desempregados ou trabalham informalmente, sendo oriundos de 30 bairros periféricos do município, acolhendo crianças, adolescentes, jovens e adultos em situação de vulnerabilidade social, oferecendo diversos programas como: Escola de Ensino Fundamental, atendendo crianças do 1º ao 5º ano, no período da manhã; programa de qualificação profissional, com diversos cursos como: Secretariado, Técnicas Administrativas, Hardware, Informática Básica e Serigrafia; Centros profissionalizantes, programa sócio familiar, Provim – socioeducativo em período inverso à escola pública com atividades: oficina de desafios, arte e cultura, esporte, atividade física, escolinha de futebol, natação, cidadania, dança, coral formação humana e pastoral.

A consideração é que no município de Piracicaba, somente 17 escolas estaduais oferecem o ensino integral, sendo 5 delas do fundamental 1, ou seja, o número de vagas correspondente às crianças de 6 a 10 anos é mínimo.

O objetivo geral do projeto é oferecer às crianças, adolescentes, e seus familiares que estão em situação de vulnerabilidade social acesso à educação básica de qualidade, em período integral, a fim de materializar o conceito de formação integral, desenvolvendo as potencialidades humanas em seus diferentes aspectos: cognitivos, afetivos e socioculturais.

Por ser uma instituição filantrópica, o aluno não paga nada para estudar. Os pais também acompanham o desenvolvimento de seus filhos, por intermédio de reuniões às quartas-feiras, à noite e sábados pela manhã, quando são convidados a comparer na escola para se inteirarem da vida acadêmica de seus filhos. O material didático também é oferecido gratuitamente aos alunos, além do uniforme, que segue o modelo padrão das demais unidades do Dom Bosco na cidade.

Após se inteirar de todo o complexo educacional a que o Dom Bosco São Mário está inserido, o vereador Pedro Kawai se comprometeu no encaminhamento de pedido especial do Padre Edmilson Moraes, com o apoio dos demais responsáveis pela escola, no sentido do município reaver parceria que funcionou por mais de 20 anos, quando a Instituição sempre contou com um dentista de plantão, sendo que a sala utilizada por este profissional ainda está vazia e, as demandas por estes serviços só aumentaram com o tempo.

Deixe um comentário abaixo