Prefeito recepciona alunos do Cursinho Municipal de Piracicaba

Publicado em Por Jose Guilherme Cortenove
Prefeito recepciona alunos do Cursinho Municipal

Prefeito recepciona alunos do Cursinho Municipal – Foto: Divulgação

Nesta segunda-feira, dia 26, o prefeito de Piracicaba Barjas Negri esteve na EE “Professor Dr. Elias de Mello Ayres” onde recepcionou os 150 alunos inscritos no cursinho pré-vestibular gratuito, no primeiro dia de aula. Também participaram das boas-vindas aos estudantes o dirigente regional de ensino, Fábio Negreiros, o diretor da escola, Adilson Grandino, a coordenadora pedagógica do cursinho, Bernadete Damaceno, a coordenadora administrativa Sandra Winterstein, professores e ex-alunos.

A secretária municipal de Educação, Angela Jorge Corrêa, não pôde comparecer por compromissos agendados anteriormente.

O cursinho é oferecido pela Prefeitura por meio da SME (Secretaria Municipal de Educação).

Em sua mensagem aos novos alunos, o prefeito explicou que a implantação do cursinho em Piracicaba, feita por ele em 2005, foi inspirada em uma iniciativa realizada em Cuiabá (MT). Também incentivou os estudantes nesta etapa de preparação para o vestibular e citou como exemplo alunos que concluíram o cursinho em 2017 e que foram aprovados em vestibular após um ano de estudo e dedicação.

Depois da abertura, os alunos receberam o material didático, gratuitamente, para o início das aulas, que serão realizadas de segunda a sexta-feira no período noturno.

A universidade pública é o sonho da maioria dos estudantes e não é diferente com a estudante Bruna Baltieri, 17, que mora em Santa Teresinha, e sonha cursar Engenharia Bioquímica ou Engenharia de Tráfego. “Espero que o cursinho me dê o reforço nas áreas que mais tenho dúvida e que, por meio dele, eu consiga entrar em uma universidade pública porque não tenho condições de pagar”, destaca. Beatriz Stênico Correr, 17, que mora em Santana, vai prestar Geologia na Unesp (Universidade Estadual Paulista|) de Rio Claro.

“Eu gosto de estudar, mas não tenho muito foco, por isso não gosto de estudar sozinha, preciso de aulas”, afirmou.

A prima dela, Evillyn Gobette Stênico, 16, de Santa Olímpia, disse que tem dificuldade com ciências exatas.

“Tenho essa dificuldade e espero que o cursinho me ajude a superar pra passar no vestibular”, destacou.

Os 150 alunos que vão participar do cursinho este ano foram aprovados em processo seletivo realizado pela SME. Neste ano, foram 850 inscrições. Desde que foi implantado em 2005 cerca de 5.000 alunos passaram pelo cursinho municipal gratuito.

Deixe um comentário abaixo