Prefeitura anuncia a revisão do Plano Diretor de Desenvolvimento de Piracicaba

Publicado em Por Jose Guilherme Cortenove
Prefeitura anuncia a revisão do Plano Diretor de Desenvolvimento de Piracicaba

Prefeitura anuncia a revisão do Plano Diretor de Desenvolvimento de Piracicaba – Foto: Divulgação

O prefeito de Piracicaba, Barjas Negri anunciou durante coletiva de imprensa concedida na quinta-feira, dia 25, a retomada da revisão do Plano Diretor de Desenvolvimento (PDD), lei municipal que estabelece e organiza o desenvolvimento e expansão territorial do município de Piracicaba para a implantação da política de desenvolvimento urbano. Também participaram da coletiva o diretor-presidente do IPPLAP (Instituto de Pesquisas e Planejamento de Piracicaba), Arthur Ribeiro, o vereador Dirceu da Silva e membros do Conselho da Cidade.

Segundo Barjas, a conclusão da revisão do Plano, que atende ao Estatuto da Cidade, acontecerá no segundo semestre e, em seguida, o documento será protocolado na Câmara de Vereadores para aprovação.

“Vamos acelerar os trabalhos, mas com a preocupação de sempre ouvir a população e a sociedade civil organizada. Queremos a participação de todos, boas ideias, que auxiliem o desenvolvimento de Piracicaba e seu crescimento ordenado”, ressaltou o prefeito.

Antes de enviar o documento à Câmara, serão realizadas plenárias nos bairros, com a participação da população. “Serão realizadas oficinas e capacitações em todas as regiões da cidade e na macrozona rural, dentre outras, para ouvir a população. Este trabalho é fundamental para revermos as necessidades do município, definindo regras orientadoras para promover o desenvolvimento sustentável e melhores condições de vida para todos. Para isto é muito importante a participação de todos”, afirmou Ribeiro.

Segundo ele, também está em andamento a revisão dos Planos Diretores das Águas, elaborado pelo Semae (Serviço Municipal de Água e Esgoto); de Mobilidade, por meio da Semuttran (Secretaria de Trânsito e Transportes); e o Habitacional, pela Emdhap (Empresa Municipal de Desenvolvimento Habitacional). “Esses Planos darão um subsídio importante para que o Plano Diretor seja mais consistente e abrangente”, disse Ribeiro.

De acordo com a engenheira agrônoma do Ipplap, Lídia Martins, a intenção das oficinas de capacitação nos bairros vão preparar as pessoas para que o seus pedidos sejam dentro das normas do Plano Diretor, abordando questões mais amplas, como construção de condomínios e distritos industriais – e não questões específicas como tapa buracos ou corte de mato.

“Além das reuniões nos bairros, a população poderá sugerir e apresentar propostas pelo site, que está em construção, facilitando ainda mais a participação popular”, afirmou.

Moisés Medeiros, conselheiro e representante da região do bairro Santa Rosa, ressaltou a importância dessa discussão.

Ele disse que aquela região cresceu muito nos últimos anos e, para que continue crescendo ordenadamente, precisa urgentemente de uma mudança na lei de zoneamento comercial.

“O aumento populacional traz crescimento desordenado e a revisão do Plano apontará as diretrizes, para que esse crescimento não traga transtornos para a população da região”, destacou.

Deixe um comentário abaixo