Secretaria Saneamento Básico e Meio Ambiente alerta população para uso consciente de água

Publicado em Por Jose Guilherme Cortenove
Secretaria Saneamento Básico e Meio Ambiente alerta população para uso consciente de água

Secretaria Saneamento Básico e Meio Ambiente alerta população para uso consciente de água – Foto: Divulgação

A Secretaria de Projetos e Obras, Serviços Públicos, Saneamento Básico e Meio Ambiente orienta sobre o uso racional da água. Um dos recursos naturais mais importantes para a manutenção da vida, a água é renovada por meio das chuvas que caem nas florestas, matas ciliares e nas cidades, chegando aos rios, aquíferos e lençóis freáticos, passando por um processo de tratamento até chegar às casas.

Em períodos de falta prolongada de chuva, a população deverá consumir água de maneira consciente, economizando ao máximo no uso em lavagem de calçada, quintal, carro, etc., para que não seja necessário um racionamento e que nem venha faltar no futuro.

Segundo o químico da Prefeitura de Ipeúna dr. Marcio Antonio Gomes Ramos é necessário que os ipeunenses usem a água com cautela. “É necessário que a população se conscientize dos problemas enfrentados por grandes cidades brasileiras e que devemos respeitar as leis da natureza. Nós não produzimos água e sim utilizamos de acordo com os recursos hídricos naturais disponíveis dos mananciais subterrâneo e superficial; por isso, seu consumo e preservação deve ser racional”, pontuou.

O químico observa ainda que a água é uma fonte de vida tem que ser cuidada com muito respeito. “Devemos repensar se a água é um bem ‘infinito’, que a natureza por si própria será capaz de renovar e repor as qualidades e quantidades necessárias nos recursos hídricos, para o futuro próximo”, salientou. Em Ipeúna, a água consumida pela população é de origem de extração de poços profundos e captação de manancial superficial.

Uma forma simples de colaborar com o meio ambiente é a adoção de práticas de economia de água através do reuso, por exemplo, da água de descarte da máquina de lavar roupas para lavagem de casa, garagem, calçada e até para o vaso sanitário. Além disso, só usar o necessário para retirar os resíduos dos produtos de limpeza.

Outras medidas podem ser consideradas para serem implantadas. Para se prevenir contra a falta da água nos períodos de estiagem, técnicas de armazenamento da água podem ser adotadas de forma simples, dentro de casa. A criação de cisternas para guardar a água da chuva, por meio de calhas encaixadas nas telhas, serve de armazenamento para utilização da água em atividades domésticas, como limpeza de banheiros, jardinagem na irrigação de vasos e jardins.

Deixe um comentário abaixo