TRT da 15ª Região abre inscrições para seleção de estagiários em 102 municípios do interior de São Paulo

Publicado em Por Jose Guilherme Cortenove
TRT da 15ª Região abre inscrições para seleção de estagiários em 102 municípios do interior de São Paulo

TRT da 15ª Região abre inscrições para seleção de estagiários em 102 municípios do interior de São Paulo – Foto: Divulgação

Desde terça-feira (30), o Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região, com sede em Campinas/SP, , inscrições de estudantes de nível superior para estágio remunerado. Destinado à formação de cadastro reserva, o concurso selecionará candidatos para atuar em unidades administrativas e judiciárias localizadas em 102 municípios do interior de São Paulo. Os interessados devem se inscrever até o dia 15 de fevereiro no site do Centro de Integração Empresa Escola (www.ciee.org.br), responsável pelo concurso.

Os estagiários terão carga de 4 horas diárias, com bolsa de R$ 800, além de R$ 114 de auxílio-transporte. As provas serão realizadas em 25 de fevereiro, em local a ser divulgado no portal do CIEE quatro dias antes. A publicação da classificação final ocorrerá no dia 26 de março.

Para estudantes que pretendam estagiar em Campinas, sede do Tribunal, haverá formação de cadastro para alunos dos cursos de Administração, Biblioteconomia, Ciências Contábeis Comunicação Social (jornalismo, midialogia, rádio e TV, publicidade e propaganda, multimídia e relações públicas), Direito, Design Gráfico, Estatística, Fisioterapia, História, Informática, Logística e Pedagogia. Para os outros 101 municípios listados no edital, o cadastro limita-se a Direito e Ciências Contábeis.

Podem participar da seleção estudantes matriculados em cursos superiores, em instituição de ensino autorizada ou reconhecida pelo Ministério da Educação, que mantenha convênio com o CIEE. Ao realizar a inscrição, o candidato deverá indicar a cidade onde pretende realizar o estágio. Do total de vagas de estágio que surgirem durante os 12 meses de validade do processo seletivo, 10% serão reservadas para os estudantes com deficiência e 20% para os candidatos negros ou pardos.

Deixe um comentário abaixo