Vereador Pedro Kawai visita o Centro Social Cáritas

Publicado em Por Jose Guilherme Cortenove
Vereador Pedro Kawai visita o Centro Social Cáritas

Vereador Pedro Kawai visita o Centro Social Cáritas – Foto Thaís Passos (estagiária)

Na tarde desta quarta-feira, dia 07, a convite da diretoria do Centro Social Cáritas, de Piracicaba, o vereador Pedro Kawai (PSDB) visitou o local para acolher as demandas dos responsáveis. Situado no bairro Pauliceia, o prédio abrigou uma creche até 2016.

Integrantes da diretoria, a presidente Joselaine Aparecida de Campos e o secretário Bruno Campos explicaram que estão trabalhando na manutenção do local desde janeiro para retomar as atividades.

“Por meio de ocupações e com a ajuda da população, estamos arrumando o espaço. A primeira ocupação aconteceu em 13 de janeiro e seguiremos até o dia 30 de março”, afirmou a presidente.

Segundo a presidente, a atual diretoria do Centro Social Cáritas revigora a instituição e trabalha pelo fortalecimento das principais areas: Educacional, Cursos Profissionalizantes Culturais, Saúde, Projetos de Geração de Renda, Esporte e Lazer e Assistencia Social. “Agradecemos a comunidade piracicabana pelo apoio. A instituição passou por difíceis momentos em suas gestões anteriores”, ressaltou.

Para o vice-presidente, Wellington Martinelli, a nova diretoria do Cáritas teve a oportunidade de explanar alguns projetos, explicar suas idéias e debater futuras parcerias com o vereador Kawai.

“Agradece a disposição do vereador em buscar conhecer quem são e o que pensam os novos membros da diretoria. “Ouvir os anseios e obstáculos enfrentados pela nova diretoria e ver sua busca por diálogo com o Executivo me motivou a retornar ao Cáritas”, afirmou Kawai.

O objetivo do Caritas é ceder as seis salas a coletivos culturais de Piracicaba, como Baque Caipira, Pastoral da Criança e Levante Popular.

“Vamos avaliar as estruturas de que os coletivos precisam para ver o que podemos acomodar no Cáritas”, explicou

Em janeiro deste ano, o prefeito Barjas Negri (PSDB) assinou decretos de desapropriação amigável do imóvel. O terreno havia sido doado para a entidade em 1976.

Deixe um comentário abaixo