Vereadores aprovam PL que cria “Semana de Conscientização do Autismo” em Rio das Pedras

Publicado em Por Jose Guilherme Cortenove
Vereadores aprovam PL que cria “Semana de Conscientização do Autismo” em Rio das Pedras

Vereadores aprovam PL que cria “Semana de Conscientização do Autismo” em Rio das Pedras – Foto: José Marino

Nesta segunda-feira, (2), os vereadores da Câmara Municipal de Rio das Pedras, aprovaram em primeira votação o Projeto de Lei do Legislativo n° 012/2018, apresentado em 22 de março pelo Vereador Edison Marconato (PSDB) e que Institui no município a “Semana Municipal de Conscientização do Autismo” e dá outras providências.

De acordo com o PL a “Semana Municipal de Conscientização do Autismo”, será comemorada anualmente, a partir do dia 02 de abril, em que também é comemorado o Dia Mundial de Conscientização do Autismo, passando a mesma a integrar o Calendário Oficial de Eventos do Município.

Ainda de acordo com o PL a “Semana Municipal de Conscientização do Autismo”, tem como finalidade promover seminários e palestras sobre a síndrome do autismo.

O projeto também prevê que o “Poder Executivo poderá contar com o apoio e organização da Secretaria Municipal de Saúde em conjunto com a Secretaria de Municipal de Educação, bem como realizar parcerias com entidades sociais envolvidas com a causa”.

Marconato destaca a importância da conscientização sobre o autismo, que são transtornos que causam problemas no desenvolvimento das crianças.

“O Autismo, também conhecido como Transtornos do Espectro Autista (TEA), são transtornos que causam problemas no desenvolvimento da linguagem, nos processos de comunicação, na interação e comportamento social da criança.  A ONU declarou que, segundo especialistas, acredita-se que a doença atinja cerca de 70 milhões de pessoas em todo mundo. No Brasil, foi realizado primeiro estudo de epidemiologia de autismo da América Latina, publicado em fevereiro de 2011 (com dados de 2010), liderado pelo psiquiatra da infância Marcos Tomanik Mercadante (1960-2011), em um projeto piloto com amostragem na cidade paulista de Atibaia, aferiu a prevalência de um caso de autismo para cada 368 crianças de 7 a 12 anos”, ressaltou.

Marconato destaca ainda que o projeto visa esclarecer adequadamente os moradores sobre os mitos e verdades quanto ao autismo.

“Muitos são os mitos em referência ao autismo, portanto este projeto visa justamente a divulgação e a conscientização em relação a este distúrbio para a população”, completou Marconato.

Deixe um comentário abaixo